fbpx

Notícias

Poesia (e muita emoção) em direto: formandos da APCC visitaram a RUC e participaram no programa da manhã

O convite foi para ter alguns formandos da APCC a declamar poesia no programa da manhã da RUC – Rádio Universidade de Coimbra e foi desde logo aceite de forma entusiástica. Mas rapidamente a ideia inicial cresceu e se transformou numa oportunidade para que um grupo de alunos do curso de Auxiliar de Apoio Administrativo pudesse conhecer por dentro uma estação de rádio e as suas dinâmicas.

E assim, o “Café Olé” de ontem contou com a leitura de poemas da autoria de escritores portugueses, mas também dos próprios formandos, que ainda puderam conversar com a jornalista Isabel Simões sobre as suas histórias de vida e ambições, bem como sobre o(s) olhar(es) da sociedade em relação às pessoas com deficiência. Em destaque, esteve também o mote para o convite já referido, o projeto “Palavras com Arte”, que pretende promover o acesso à cultura, nomeadamente à leitura e à expressão poética em particular.

Ler mais

Música, sardinha assada e amigos: São Pedro foi o mote para um grande arraial no Lar Integrado

Primeiro foi a música e não dava para enganar: ia haver festa. E com o DJ Punk (Fausto Sousa, dos 5ª Punkada) no comando da situação, seria certamente animada! Depois, um olhar mais atento permitia ver o colorido das decorações e, entre balões e bandeiras de papel, tudo parecia ‘dizer’ Santos Populares. Depois, mais uns pezinhos de dança aqui, um jogo tradicional acolá e o cheiro a sardinha assada (e não só) no ar e já ninguém duvidava que o dia ia ser muito divertido!

O cenário que descrevemos foi real e aconteceu ontem, no Lar Integrado da APCC, num arraial que teve tudo isto e, sobretudo, muita alegria! E se o dia era de São Pedro, houve muitos outros nomes a serem enunciados: Carlos, Regina, Marco, Fernanda, Luís e tantos outros, ao sabor das conversas partilhadas ou das histórias e anedotas trocadas.

Ler mais

Formandos viajaram ao passado em visita ao Mosteiro de Santa Clara-a-Velha (que incluiu uma reflexão muito importante no presente)

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha é um dos ex-líbris da cidade de Coimbra, pelo que, em alinhamento com o objetivo de proporcionar aos formandos da APCC uma proximidade efetiva com a história e a cultura da sua região, a Formação Profissional organizou, na passada semana, um conjunto de visitas àquele espaço. Ao longo de três dias, diferentes grupos de utentes da resposta de Formação Profissional e Qualificação de Pessoas com Deficiências e Incapacidades (QPDI) não perderam a oportunidade de aprender e desfrutar da beleza do monumento e da sua envolvente.

Assim, puderam visitar o Centro Interpretativo e espaços como o paço, hospital, cerca, adro, igreja, coro, grade, roda, claustro, refeitório, solar do capítulo ou o dormitório, tendo na ocasião ficado a conhecer, ou saber mais, sobre personagens históricas ligadas a este Monumento Nacional, como a Rainha Santa, D. Mor Dias, D. Dinis, D. Afonso IV, D. Inês de Castro ou D. Pedro.

Ler mais

O (multi)campeão António Marques foi homenageado pela Câmara Municipal de Penacova

O jogador de boccia António Marques foi um dos homenageados pela Câmara Municipal de Penacova, numa iniciativa organizada para enaltecer os campeões daquele concelho e que teve lugar no passado sábado, nos Paços do Município. O atleta da APCC, natural da Aveleira (uma aldeia da freguesia de Lorvão) voltou assim a ser reconhecido por aquela edilidade, depois de ter já recebido, em 2016, um voto de reconhecimento ao mérito desportivo.

Com este reconhecimento com um dos nomes que, na área do desporto, «continuam a dignificar, honrar e prestigiar Penacova», António Marques soma mais uma distinção às várias que recebeu ao longo de quase quatro décadas de carreira, entre as quais se destaca o título de Comendador da Ordem de Mérito, atribuído pelo Presidente da República. Do seu currículo no boccia, a primeira menção deve ir para as 21 medalhas conquistadas em grandes competições internacionais, entre as quais sete em Jogos Paralímpicos.

Ler mais

No Dia de São João, houve um arraial no Lar de Apoio que começou a ser ‘semeado’ no início da primavera…

Tudo terminou no Dia de São João, num grande arraial no Lar de Apoio: música, dança, jogos, churrasco… Mas o início foi nos primeiros dias de primavera, quando começou a ser preparada uma deliciosa sopa com uma bonita história sobre amizade e cooperação, que também fez parte da ementa da festa… Pode parecer que estamos confusos e a misturar histórias muito diferentes, mas garantimos que, se lerem as próximas linhas, tudo vai fazer sentido!

Vamos então ao princípio, quando os jovens utentes daquela unidade residencial da APCC fizeram a sua própria sementeira e foram vendo germinar os pés de feijão – aprendendo, ao mesmo tempo, as virtudes da paciência, porque foi preciso esperar pela altura certa para dar os passos seguintes. E isso aconteceu no final da semana passada, colhendo os feijões, fazendo uma visita à Quinta da Conraria para apanhar mais alguns legumes e preparando a tal sopa especial, feita por todos!

E para cele...

Ler mais