Voluntariado

Utentes da APCC estão na Hungria para (primeiro) balanço do projeto internacional “Here We Are”

Em março de 2017, o André Vitorino, o Bernardo Vieira, o Diogo Sacramento e o Ivo Rodrigues – todos eles jovens utentes da APCC – estiveram em Budapeste para dar o ‘pontapé de saída’ do projeto europeu “Here We Are”. Agora, pouco mais de um ano e duas outras reuniões transnacionais depois, três deles estão de regresso à Hungria para fazer o balanço do trabalho realizado.

Durante três dias, o André, o Diogo, o Ivo e utentes da organização EgyüttHató Egyesület, juntamente com profissionais das duas instituições, vão participar num Dia Aberto, que incluirá diversas ações de sensibilização junto da comunidade local e particularmente escolar, e discutir os resultados das ações já levadas a cabo em Portugal e na Hungria no âmbito deste projeto.

Ler mais

Chamada de última hora: APCC procura voluntário para projeto em Itália!

A APCC está a recrutar um voluntário português para um projeto de nove meses (1 de junho de 2018 a 3 de março de 2019) em Itália. Podem candidatar-se jovens entre os 18 e os 30 anos que queiram viver a experiência de uma vida! É uma excelente oportunidade para viver noutro país europeu, ver valorizadas as competências pessoais e ainda desenvolver outras, realizando tarefas de grande relevância social e importância na comunidade.

A organização de acolhimento será a associação Kara Bobowski, sediada na cidade de Modigliana, existindo cinco hipóteses de serviços onde desenvolver atividades no âmbito deste projeto – cada uma com um perfil diferente de requisitos – resultando a colocação do voluntário de um equilíbrio entre as motivações deste e as necessidades da instituição.

Ler mais

Gabinete de Voluntariado da APCC ‘celebra’ Dia da Europa em reunião com parceiros em Itália

Hoje é Dia da Europa, data em que se celebram os valores europeus e a identidade comum da União Europeia, e que melhor forma de o assinalar do que contribuir para a sua concretização, colaborando com parceiros internacionais? É isso mesmo que o Gabinete de Voluntariado da APCC está a fazer, participando numa reunião de planeamento do projeto InclusiSVE, que tem decorrido esta semana, na cidade italiana de Modigliana.

Este projeto de voluntariado, que reúne a APCC, as organizações Kara Bobowski (Itália), Jaunuoliu Dienos Centras (Lituânia) e PSONI (Polónia) e o Município de Venersburgo (Suécia), é dirigido a pessoas com deficiência ou em situação de desvantagem e permitirá, entre outros intercâmbios, receber em Coimbra voluntários italianos e enviar para Itália voluntários nacionais, no final deste ano.

Ler mais

Projeto “Here We Are” foi apresentado na Faculdade de Psicologia

Desde o início do ano passado que jovens ligados à APCC e à organização húngara EgyüttHató Egyesület estão a colaborar no projeto “Here We Are”, organizando diversas iniciativas nos respetivos países com o propósito de atingir visibilidade externa, quer em diálogo direto com a sociedade, através de atividades que apelam à participação de diferentes intervenientes, quer através dos Media ou da Internet.

Esta semana, na véspera do Dia da Liberdade, dois dos quatro utentes da APCC envolvidos neste projeto (neste caso, o André Vitorino e o Diogo Sacramento) estiveram numa ação na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra para chamar a atenção para um tipo de liberdade ainda com muito caminho para ser feito e que é central aos objetivos daquele projeto: a de cada pessoa – e os seus desejos e necessidades – ser visível na sua própria comunidade.

Ler mais

Três dias, cinco desafios, outras tantas mensagens e uma ideia: todos são capazes

Porque é que, durante três dias, a APCC e o BrainMaze estiveram no Alma Shopping com jogos como adivinhar um código ‘escondido’ numa tricicleta, num quadro e numa cadeira de rodas elétrica ou abrir uma caixa com uma chave a que só se consegue chegar seguindo instruções para a conseguir retirar de um labirinto? Porque todos somos capazes, por vezes até de coisas que achávamos impossíveis.

Foi esta a ideia que esteve na origem da iniciativa “És Capaz?” e que, nos dias 12, 13 e 14 de abril, fez muitas pessoas percorrerem as cinco ‘estações’ de jogo com desafios semelhantes aos que se encontram numa sala de fuga para descobrirem outras tantas mensagens relacionadas com a vida das pessoas com deficiência e os obstáculos particulares com que estas são confrontadas.

Ler mais