fbpx

Música

Não perca “Imenso”, o espetáculo que é uma viagem em que também embarcam o Projeto Estúdio, o Sala T e os 5ª Punkada

“Imenso”, do verso de Camões «Pode um desejo imenso», é uma viagem que começou a ser ensaiada no final do ano passado e em que pessoas rolantes e pessoas caminhantes se encontram para lembrar que a deficiência é também um lugar de poder, de desejo e de comunicação. Deste grupo de pessoas fazem parte membros dos dois grupos de teatro da APCC (Projeto Estúdio e Sala T) e da banda 5ª Punkada, que subirão à cena nos dias 2 e 3 de abril, no Convento São Francisco.

Trata-se de um espetáculo, ou uma conferência dançada, em que se reflete sobre a importância da cadeira como um objeto que oferece a possibilidade de nos encontrarmos todos num mesmo plano, em particular aqueles que não podem sair de uma cadeira e os que a usam como lugar do dizer artístico. Assim, integram o elenco, além dos elementos da APCC, artistas profissionais e jovens artistas universitários dos grupos da Associação Académica de Coimbra.

Ler mais

Vocalista dos 5ª Punkada estreia-se como DJ no próximo sábado

É já no próximo sábado (26 de março) que Fausto Sousa – ou antes, o DJ Punk! – vai oferecer à cidade de Coimbra uma grande festa de rock! E provavelmente não haveria melhor local para o fazer do que no bar Pinga Amor, que assim junta a um currículo já de si cheio de míticas noites a estreia ‘fora de portas’ do vocalista dos 5ª Punkada, a banda pop/rock da APCC, na sua pele de disc jockey.

Quem já assistiu às suas atuações na Associação ou às duas performances transmitidas online sabe com o que pode contar: muita energia, para meter toda a gente a dançar e a divertir-se! Se acham que pode haver um fundo de verdade nas múltiplas proclamações de que o rock está morto, não faltem ao DJ set do DJ Punk e ficarão sem dúvidas de que as notícias dessa morte são claramente exageradas.

Ler mais

Membros dos 5ª Punkada atuam no âmbito do Dia Internacional da Síndrome de Down

No próximo dia 21 de março é assinalado o Dia Internacional da Síndrome de Down, no âmbito do qual terá lugar uma Audição Comemorativa no Auditório do Conservatório de Música de Coimbra. Fausto Sousa e Paulo Jacob, respetivamente vocalista e guitarrista dos 5ª Punkada, estão entre os artistas que irão subir ao palco nesta ocasião, para interpretar dois temas da banda pop/rock da APCC.

Será uma oportunidade para tomar contacto com uma versão mais intimista de um grupo que, com uma história de mais de 300 atuações ao vivo, demonstra uma assinalável versatilidade, movendo-se entre os concertos rock clássicos e as mais diversas parcerias artísticas. Só nas últimas semanas, por exemplo, concluíram uma digressão de promoção do seu disco de estreia e participaram numa residência com a Orquestra de Câmara Portuguesa e a Cercioeiras.

Ler mais

5ª Punkada em residência artística para preparar atuações em Portugal e Espanha com Orquestra de Câmara Portuguesa e Cercioeiras

O rock – e a música em geral – pode tomar muitas formas e os 5ª Punkada são bem o exemplo disso mesmo: depois de uma digressão que mostrou toda a pulsão e emoção que a banda é capaz de suscitar em palco e fora dele, participaram agora numa residência artística envolvendo a Orquestra de Câmara Portuguesa e a Cercioeiras, que serviu de preparação para um conjunto de concertos e uma conferência-concerto, que terão lugar em Portugal e Espanha, nos meses de abril e maio.

Os ensaios decorreram no início desta semana, em Oeiras, e permitiram aprofundar o trabalho já realizado anteriormente, num processo criativo que envolveu a criação e partilha de ambiências e segmentos musicais, a que foram sendo adicionadas camadas sonoras por parte de todos os intervenientes. Para os membros da banda pop/rock da APCC (Fausto Sousa, Fátima Pinho, Jorge Maleiro, Miguel Duarte e o musicoterapeuta Paulo Jacob), a experiência tem sido particularmente desafiante, por envolver instrumentos e recursos musicais fora das suas ‘zonas de conforto’.

Ler mais

5ª Punkada tiveram um regresso a ‘casa’ para mais tarde recordar!

Era sabido que os 5ª Punkada iam ‘jogar em casa’, mas, por diversas ocasiões, esses são os jogos mais difíceis de vencer… Vale, muitas vezes, o apoio do público e, apesar de os membros da banda pop/rock da APCC e os seus convidados se terem apresentado em alto nível no palco do Teatro Académico de Gil Vicente na passada sexta-feira, não haja dúvidas de que a ligação com a assistência foi mesmo especial e ajudou a ‘carregá-los ao colo’.

Foi, por isso, uma noite com muitos acenos e piscadelas de olhos para e da plateia, umas quantas dedicatórias especiais (provavelmente, nunca os nomes Alcarraques e Trouxemil haviam sido referidos num concerto rock), repetidos chamamentos pelos elementos do grupo e uma energia muito particular e, porque não dizê-lo, familiar. E, claro, com muita música boa, cantada a plenos pulmões, no palco e fora dele!

Mas a...

Ler mais