Expressão Plástica

“Sinto Flores…”: já pode ver e comprar a nova coleção de desenhos do Departamento de Expressão Plástica

«Primeiro há o traço descontrolado dos lápis, as cores são misturadas com todos os músculos do corpo, exercício árduo de luz e exaltação. Aprofunda-se o olhar para o esboço das flores, pétala a pétala, sépalas abertas em verde orvalhado, pólen em pó, sombras com contornos de sol e de mel.

A partir do vazio, as formas se formam para dar mais espaço à realidade. Este é a marca predominante onde se evidência a singularidade de cada trabalho. As assinaturas são bem explícitas, seja pelo braço retorcido, pelo pescoço mais alongado, pela concentração que salta de esquecimento em esquecimento sem nunca se pôr em fuga, pelo pé que aperta a noite entre os dedos, pela dor levada em ombros sem se deixar vencer, pelo esforço que inventa a força, pela plenitude que se concretiza e se faz alma, inspiração e fundamento».

Ler mais

“Porque Somos um Retrato”: nova coleção do Departamento de Expressão Plástica é mostrada no Centro de Reabilitação

Desde há alguns dias que o Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral de Coimbra ganhou uma nova vida: os retratos que compõem uma inédita coleção criada pelos utentes do Departamento de Expressão Plástica da APCC decoram agora as paredes do edifício, no âmbito de uma mostra a que foi dado o nome “Porque Somos um Retrato”.

São mais de meia centena de obras, todas ‘assinadas’ coletivamente e criadas sob a supervisão da professora Suzete Azevedo. A opção pelo retrato, enquadrada por uma citação de Aristóteles (“O objetivo da arte não é apresentar a aparência externa das coisas, senão o seu significado interno; pois isto, e não a aparência e o detalhe externos, constitui a autêntica realidade”), remete para uma ideia de autenticidade e de procura da essência interior do retratado, do ponto de vista do artista.

Ler mais

“O que é isto, a arte?”: utentes da APCC participaram em Campus Artístico em Vila Nova de Cerveira

Um grupo de dez utentes da APCC participou em mais uma edição do Campus Artístico, promovido pela Associação do Porto de Paralisia Cerebral. Em Vila Nova de Cerveira, clientes e técnicos de várias instituições, bem como profissionais e estudantes de artes performativas, trocaram e adquiriram conhecimentos, ao longo de sete dias de formação e criação artística inclusiva.

Com o tema central de “O que é isto, a arte?”, tiveram lugar workshops nas áreas de clown, dança e movimento, escrita criativa, escultura, música acústica, música tecnológica, pintura e teatro. Muitos deles contaram com a participação dos utentes da APCC (uma comitiva ‘liderada’ pela professora de Expressão Plástica, Suzete Azevedo), que tiveram também participação ativa na performance final, que foi apresentada publicamente.

Ler mais

APCC participou no V Campus Artístico, em Ponte de Lima

160913_apcc_campusartisticoappc_thumbUtentes e colaboradores da APCC participaram na passada semana em mais uma edição do Campus Artístico, promovido pela Associação do Porto de Paralisia Cerebral. Foram sete dias em que, em conjunto com elementos de outras instituições e profissionais e estudantes ligados às artes, puderam participar em diversas ações de formação a criação inclusivas.

Sob o tema central de “Identidade”, realizaram-se workshops em diferentes ‘linguagens’: teatro, clown, escrita criativa, música, hip-hop, novas tecnologias, dança, e artes plásticas. Os resultados do trabalho realizado, em residência, foram depois apresentados publicamente.

Ler mais

Departamento de Expressão Plástica da APCC tem à venda obras criadas pelos utentes

No Departamento de Expressão Plástica da APCC, todos os dias são bons para criar. Foi este espírito que levou a que seja hoje possível reunir um conjunto importante de obras de arte – entendida sempre como um meio para a inclusão – criadas pelos seus utentes. Estas obras, que estão em exposição no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral, podem agora fazer o caminho para a casa de qualquer pessoa interessada, pois estão disponíveis para compra.

Tratam-se de mais de 80 quadros, todos ‘assinados’ coletivamente pelo Departamento e criados sob a supervisão da professora Suzete Azevedo, por utentes que frequentam as diferentes respostas sociais da APCC.

Ler mais