fbpx

Teatro

Tanto que havia dentro da caixinha vermelha do Projeto Estúdio…

O que cabe na caixinha vermelha do Projeto Estúdio? Foi essa descoberta que fez, no passado sábado (19 de novembro), quem se deslocou à Faz de Conto – na verdade, a uma sala por cima daquela livraria, para que todos pudessem participar nessa demanda – e assistiu ao espetáculo-oficina “Queres que te conte o conto da caixinha vermelha?”, que aquele grupo teatral da APCC criou a partir do livro “O último contador de histórias”, de Isabel Peixeiro.

Não vamos revelar o que cada um encontrou dentro daquela caixa de cor vibrante que foi passada de mão em mão, até porque quem quiser mesmo saber só precisa de imaginar. Mas podemos contar que, ao longo da manhã, todos se deixaram embalar e escutaram o muito que havia para saber sobre uma menina e o seu avô que não deixava nenhum dia terminar sem uma história…

E afi...

Ler mais

Se querem que o Projeto Estúdio vos conte o conto da caixinha vermelha, vão ter de ir à Faz de Conto…

“Queres que te conte o conto da caixinha vermelha?” é o segundo espetáculo-oficina que o Projeto Estúdio vai levar a uma livraria da cidade de Coimbra. Será na Faz de Conto, no dia 19 de novembro, a partir das 11H00. A entrada é livre e dará acesso a uma viagem a um tempo em que todos os dias acabavam com uma história, com aquele grupo de teatro da APCC a conduzir o público à descoberta das suas próprias histórias e do que guardam nas suas caixas…

A inspiração vem do livro “O último contador de histórias”, de Isabel Peixeiro, naquela que será a segunda estação do ciclo ‘Primaverar’, em que os elementos do Projeto Estúdio buscam inspiração na literatura para criar espetáculos que são apresentados nas livrarias que acolhem as obras que os influenciaram.

E ent...

Ler mais

“Queres que te conte o conto da caixinha vermelha?”, pergunta o Projeto Estúdio

É no próximo sábado, 15 de outubro, que o Projeto Estúdio vai voltar a fazer de uma livraria da cidade um palco: desta vez, será na Faz de Conto, que receberá o espetáculo-oficina “Queres que te conte o conto da caixinha vermelha?”, a partir das 11H00, com entrada livre. A inspiração vem do livro “O último contador de histórias”, de Isabel Peixeiro, o que permitirá levar o público numa viagem a um tempo em que todos os dias acabavam com uma história.

Entre tons de preto e vermelho, o referido grupo teatral da APCC conduzirá cada um à descoberta das suas próprias histórias e do que guardam nas suas caixas… Indispensável mesmo será usar a imaginação. E então, querem que os membros do Projeto Estúdio vos contem o conto da caixinha vermelha? Se querem que vos contem, eles contarão, se não querem, não contarão. Querem ou não que os membros do Projeto Estúdio vos contem o conto da caixinha vermelha?

Esta ...

Ler mais

‘Viajantes’ da APCC e de outras origens voltam a marcar um encontro ‘Imenso’, desta vez na Quinta da Conraria

Começou com uma união de esforços entre membros do Projeto Estúdio, do Sala T e dos 5ª Punkada com artistas profissionais e jovens artistas universitários – pessoas rolantes e pessoas caminhantes convergindo num espetáculo, ou conferência dançada. As apresentações tiveram lugar em abril, no Convento São Francisco, e logo aí ficou acertado novo encontro, que desse continuidade à descoberta das possibilidades de confluência entre os que têm na cadeira um instrumento indispensável para o quotidiano e os que a usam como lugar do dizer artístico.

Este novo encontro começou ontem, na Quinta da Conraria, e vai prolongar-se até quinta-feira, juntando-se aos ‘viajantes’ originais mais alguns, utentes do CACI – Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão da APCC. Madalena Vitorino e a sua equipa conduzirão no total um conjunto de seis experiências performativas, imaginadas para permitir retomar a dança, a música e as histórias que estão dentro de cada um, olhando para o trabalho já realizado e perspetivando aquele que poderá continuar a desenvolver-se no futuro.

Ler mais

Finalmente juntos: elementos do Sala T apresentaram “Mim”, o espetáculo que conta as suas histórias, aos familiares

E se na Quinta da Conraria, casa que guarda metaforicamente as histórias da APCC, dos seus utentes, familiares e colaboradores, fosse criado um espaço real onde essas histórias pudessem ser fixadas e, simultaneamente, reimaginadas de cada vez que as contassem? Já vai distante no tempo esta ideia que viria a dar origem ao projeto “O Museu de Nós!” e, integrado nele, a um álbum de histórias em forma de espetáculo, de nome “Mim”, criado pelo grupo de teatro Sala T e que foi estreado online em dezembro de 2020.

Desde esta data que as histórias acabaram por ficar guardadas nos armários da Sala do Teatro da Quinta da Conraria, local diário das dinâmicas de expressão dramática. Mas as portas desses armários voltaram a ser abertas na passada semana, para partilhar com os familiares dos membros daquele coletivo teatral duas novas apresentações de “Mim” (já depois de, em setembro e outubro do ano passado, algumas sessões dirigidas a utentes da Associação).

Ler mais