fbpx

Unidades Residenciais

Voluntariado, mímica e alegria: três palavras para explicar uma manhã muito divertida no Lar de Apoio

Foi à distância, o que já foi mais incomum do que agora, mas definitivamente divertido, como é inevitável quando o público é tão entusiasta e alegre como os utentes do Lar de Apoio! Ontem, a voluntária Gabriela Beirão fez a primeira das videochamadas com que passará a ligar-se àquela unidade residencial da APCC para realizar atividades onde se cruzam o seu amor pelo teatro e a experiência profissional numa agência de viagens… e foi incrível desde o primeiro segundo!

Primeiro, foi preciso fazer as apresentações – a Gabriela acaba de se inscrever para fazer voluntariado à distância na Associação – e trocar as primeiras palavras, mas rapidamente essa barreira foi quebrada e se passou para um jogo de mímica, com o apoio da nossa animadora Susana Machado. Foi tão bom que, quando terminou, ficaram todos com muita ansiedade pelo próximo encontro. Como sabemos isso? Bem, bastaria olhar para os sorrisos!

Esta ...

Ler mais

Um coro de Natal como nenhum outro aqueceu uma tarde de inverno junto ao Lar de Apoio

Há muitos coros de Natal importantes na história dos coros de Natal, mas duvidamos que encontrem um tão impressionante como aquele que ontem se reuniu em frente ao Lar Residencial da APCC, para cantar e encantar (para) os utentes daquela unidade residencial, vizinhos e transeuntes. Não vamos tão longe em dizer que nunca se juntou um grupo de cantores tão talentoso, mas temos a certeza de que nunca existiu nenhum com maior coração.

Porque este coro era constituído pela Jaqueline Correia, Rebeca Rosa e Rita Mendes, três voluntárias da Associação que responderam afirmativamente ao desafio do projeto “Limões para Limonada” – interagir com os utentes através de atividades que possam ser feitas remotamente ou, em alternativa, no exterior das instalações – e se propuseram a quebrar as distâncias com canções de Natal.

Ler mais

Já se jogou a final do Torneio de Boccia de Natal do Lar Integrado!

Na passada sexta-feira, no Lar Integrado da APCC, houve tudo o que se espera de uma grande competição: emoção, alegria, jogadas incríveis, alguns falhanços inesperados, claques ruidosas, muito desportivismo e até aquele momento em que se inscreve o nome do vencedor no troféu da prova… E não era para menos, porque se disputou a final e o jogo de atribuição do terceiro lugar do Torneio de Boccia de Natal!

A ideia surgiu na sequência das atividades que o Departamento de Educação Física e Desporto tem vindo a realizar no Lar Integrado, envolvendo os utentes daquela unidade residencial num estilo de vida mais ativo, particularmente importante nos tempos que vivemos. E como alguma competitividade saudável nunca fez mal a ninguém, foi com muita energia que vários deles participaram em jogos ao longo das últimas semanas.

E com...

Ler mais

No Lar Integrado, houve boa música, energia positiva e muita alegria: é claro que foi uma atuação do DJ Punk

Na APCC, ninguém tem dúvidas de que umas das melhores maneiras de animar o ambiente, mesmo quando os dias estão mais tristes ou os ânimos mais abatidos, é chamar o DJ Punk! Desde os primeiros acordes da primeira canção até às notas finais do tema de despedida, a alegria está assegurada e são muito poucos os que conseguem resistir a dançar! Mais um exemplo disso mesmo aconteceu no final da semana passada…

O Lar Integrado Dr. José Mendes Barros transformou-se numa verdadeira pista de dança, com uma atuação daquele que também é conhecido por ser o vocalista dos 5ª Punkada. É claro que, entre os utentes, houve os maus entusiastas e os mais tímidos, mas os sorrisos não faltaram e houve muitos passos de dança de fazer inveja aos mais afamados clubes de Nova Iorque ou Londres!

A esc...

Ler mais

Sobre limonada, ginástica e o Lar de Apoio… ou como o distanciamento ajudou a aproximar voluntários e utentes

Se a vida te dá limões… faz limonada! A expressão é conhecida e certamente que na APCC não faltam exemplos desta forma de olhar para as situações e de superar as dificuldades, mas e se a vida der ordens de distanciamento social por causa de uma pandemia? Foi o que aconteceu, entre outros, com os nossos voluntários, que deixaram de poder colaborar com as atividades da instituição do modo como o faziam antes. Mas então, fez-se limonada!…

Uma limonada com imaginação e criatividade, ingredientes que levaram o Gabinete de Voluntariado a promover um projeto em que desafia os voluntários a encontrar novas formas de ficarem próximos da Associação. Uma dessas formas foi a proposta pela Sofia Ataíde, que, mesmo estando limitada aos espaços exteriores do Lar de Apoio, não deixou que isso a impedisse de planear uma série de atividades de ginástica com os utentes daquela unidade residencial.

E no passad...

Ler mais