fbpx

5ª Punkada em junho: do Montijo a Barcelos, com canções novas na bagagem!

Em contagem decrescente para o lançamento do seu segundo disco – falta mesmo muito pouco… – os 5ª Punkada vão, em junho, do norte ao sul de Portugal, para dois concertos onde darão a conhecer algumas das canções que irão integrar o sucessor de “Somos Punks ou Não?”, mas também os temas mais conhecidos de uma carreira já com mais de três décadas.

A primeira dessas datas é já na próxima sexta-feira, 7 de junho, no Montijo. Na Casa da Música Jorge Peixinho, a banda pop/rock da APCC vai atuar com o janelão do Auditório aberto, com os seus elementos virados para o Jardim das Nascentes, numa presumível noite quente de verão. Tem tudo para ser inesquecível! Duas semanas depois, no dia 21, o grupo viaja até Barcelos. No Theatro Gil Vicente, a ‘receita’ volta a ser «Pôr toda a gente a dançar e iniciar uma revolução!»

Para se prepararem para estes dois espetáculos, deixamos algumas sugestões: rever o videoclipe de “Blues da Quinta”, nomeado para os Prémios Play, e o documentário “Somos Punks ou Não?”, selecionado para o festival WOMEX; e voltar a ouvir “Diante de Mim”, o primeiro single do novo álbum dos 5ª Punkada. E só mais duas coisas: o concerto no Montijo é de entrada livre e o de Barcelos já tem bilhetes à venda. E neste último, a atuação da banda vai ser precedida da exibição do documentário “Com amor, Medo”, sobre a digressão europeia de 2023 e que acaba de ser distinguido com o Prémio IndieMusic do festival internacional de cinema IndieLisboa.

Os 5ª Punkada foram fundados em 1993, na APCC, e contam com mais de 300 atuações ao vivo, em nome próprio ou em parcerias artísticas e musicais com instituições e coletivos de referência. São constituídos atualmente por Fausto Sousa (voz e soundbeam), Fátima Pinho (teclas), Jorge Maleiro (guitarra e voz), Miguel Duarte (bateria) e Paulo Jacob (guitarra e voz).

São um dos quatro grupos musicais em atividade no âmbito do Departamento de Música da APCC, cujo trabalho se desenvolve através de intervenções ao nível da musicoterapia, educação musical adaptada e expressão musical adaptada. Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=163.