Flores para a Queima das Fitas? É ligar para a APCC!

Ou porque o tempo já começa a faltar, ou porque ele é necessário para outras coisas, ou até porque é uma forma de ajudar a combater o estigma sobre as pessoas com deficiência. Razões não faltam para que os estudantes de Coimbra encomendem à APCC as flores para os seus carros do cortejo da Queima das Fitas.

Pelo décimo-quinto ano consecutivo, um grupo de utentes da Associação vai produzir as coloridas flores de papel que ajudam a fazer uma das mais conhecidas tradições da Cidade. Até ao dia 21 de abril, os estudantes podem responder afirmativamente ao mote “Tu fazes a festa, nós fazemos as flores!” e fazer a sua encomenda, ligando para os números 239 792 120 ou 239 802 820 (através deste último, podem também obter informações sobre preços ou outras e esclarecer qualquer dúvida).

As flores encomendadas poderão depois ser levantadas no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral (Vale das Flores) ou na Quinta da Conraria (Ceira).

Trata-se de uma ‘parceria’ benéfica para todos os envolvidos: os estudantes da Academia de Coimbra têm uma preciosa ajuda numa altura do ano em que todos os minutos contam e os utentes da APCC são justamente compensados pelo seu esforço, além de realizarem um trabalho com visibilidade pública e alargada.

Desde 2003 que há flores ‘da APCC’ a decorar carros do tradicional cortejo da Queima das Fitas e a percorrer as ruas da cidade. Só no ano passado, foram feitas quase 37 000, que ‘desfilaram’ em 13 viaturas.

Os utentes envolvidos na sua produção frequentam o Centro de Atividades Ocupacionais, que dá resposta às necessidades de pessoas com deficiência e incapacidade com significativas limitações da atividade e restrições na participação. Nesse sentido, assegura apoio técnico e terapêutico, além de dinamizar diversas atividades, tanto dentro da instituição como no exterior. Pode saber mais sobre esta resposta da APCC em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=247.