Loja de Vender Poetas faz da Baixa de Coimbra a capital da poesia

A primeira coisa que é preciso fazer é guardar o tempo. Afinal, como podemos descobrir a poesia dentro de nós mesmos se não pararmos de correr ou se não suspendermos momentaneamente as regras de uma realidade que, pelo menos às vezes, parece demasiado parecida com a da sociedade materialista do livro “Vamos Comprar um Poeta”.

Esta é a única regra a obedecer para entrar na Loja de Vender Poetas, que ontem abriu as suas portas na Rua Visconde da Luz nº 23-25, na Baixa de Coimbra. Inspirados por aquela obra de Afonso Cruz, a professora de teatro Adriana Campos e utentes da APCC, membros do grupo de teatro Projeto Estúdio, propõem uma viagem em que cada ‘cliente’ se cruza com o poeta de trazer por casa e se converte num poeta por um dia que cria ali mesmo o seu primeiro poema.

Neste espaço comercial – em que, na verdade, nada se compra e nada se vende, mas muito se tenta descobrir sobre cada um – a satisfação é garantida. E ao deixar a Loja, é muito provável que saia de lá ‘condecorado’ como Inutilista (alguém que olha para as coisas pela sua simplicidade e beleza) e com um pouco de poesia consigo, para usar na altura que achar mais conveniente.

A Loja de Vender Poetas vai ficar aberta até ao dia 25 de maio, sempre entre as 10H00 e as 12H00. Todos os compradores são bem-vindos e é possível também reservar um atendimento personalizado, em particular quando se tratar de grupos. Para isso, basta enviar uma mensagem através da página de Facebook.

Este projeto – em que se integra também o espetáculo “Vamos Comprar um Poeta”, que tem vindo a ser levado por Adriana Campos a escolas e bibliotecas escolares – é apoiado no âmbito do concurso de Apoio à Circulação de Espetáculos 2017 da Fundação GDA e, além da APCC, conta com a parceria da Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra e de várias estruturas das cidades de Coimbra, Condeixa, Penacova e Anadia, ao nível da Rede de Bibliotecas Escolares, municípios e escolas.

O teatro na APCC está integrado no Centro de Atividades Ocupacionais, sendo uma das várias áreas artísticas proporcionadas aos utentes da instituição e contando com dois grupos ativos (Projeto Estúdio e Sala T) e aulas de expressão dramática. Pode conhecer a oferta completa de atividades ocupacionais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=247.