“Sinto Flores…”: já pode ver e comprar a nova coleção de desenhos do Departamento de Expressão Plástica

«Primeiro há o traço descontrolado dos lápis, as cores são misturadas com todos os músculos do corpo, exercício árduo de luz e exaltação. Aprofunda-se o olhar para o esboço das flores, pétala a pétala, sépalas abertas em verde orvalhado, pólen em pó, sombras com contornos de sol e de mel.

A partir do vazio, as formas se formam para dar mais espaço à realidade. Este é a marca predominante onde se evidência a singularidade de cada trabalho. As assinaturas são bem explícitas, seja pelo braço retorcido, pelo pescoço mais alongado, pela concentração que salta de esquecimento em esquecimento sem nunca se pôr em fuga, pelo pé que aperta a noite entre os dedos, pela dor levada em ombros sem se deixar vencer, pelo esforço que inventa a força, pela plenitude que se concretiza e se faz alma, inspiração e fundamento».

Estas palavras são a ‘porta de entrada’ para a nova coleção do Departamento de Expressão Plástica da APCC, “Sinto Flores…”. São cerca de quatro dezenas de desenhos, a lápis de cor e acrílico, criados pelos utentes daquele serviço da instituição (entre os quais, a autora do texto de apresentação, Regina Cardoso) e que, além das emoções que procuram provocar em quem os admira, contam também a história do processo coletivo e individual – de aprendizagem, partilha e autoconhecimento – que distou do primeiro traço a cada obra finalizada.

Criados na segunda metade de 2018, estes desenhos em papel podem ser vistos em exposição no piso de entrada do Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral de Coimbra (ou nas fotografias abaixo), estando disponíveis para venda. Se pretender fazer uma compra, basta contactar a professora Suzete Azevedo, que coordena o Departamento de Expressão Plástica, através do mail suzete.azevedo@apc-coimbra.pt.

Os utentes que participaram na criação desta coleção foram: Ana Isabel Pereira, António Camacho, António Gonçalves, Carina Martins, Carlos Alves, Diogo Sacramento, Fernando Oliveira, Isabel Lopes, Jaime Cortesão, João Vaz, João Pedro Moreira, Julieta Santos, Lúcia Assis, Luísa Fernandes, Madalena Silva, Mário Carvalho, Nelson Pires, Nino Conceição, Olga Ramalhais, Paulo Jesus, Paulo Maria, Regina Cardoso, Ricardo Monteiro, Ricardo Rebola, Ricardo Simões, Sara Barros, Tó Castanheira, Vanessa Pinto e Vasco Sequeira.

O Departamento de Expressão Plástica da APCC tem os seus objetivos alicerçados numa visão da arte não como uma “fábrica de artistas”, mas antes como um veículo para despertar a criatividade e a imaginação, dessa forma capaz de desenvolver competências e de potenciar o domínio sensorial e cognitivo. Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=528.

 

(clique nas imagens para as aumentar)