Vivam os Santos Populares / Que a todo o lado levam alegria / Mas as Marchas mais espetaculares / São as da Quinta da Conraria

Quando chegam os Santos Populares, já se sabe que vai acontecer: utentes, formandos e colaboradores da APCC ‘tomam conta’ do largo da eira da Quinta da Conraria e preparam-se para – consoante o papel de cada um – marchar ao melhor estilo ou acompanhar o ritmo das músicas com muitas palmas, redobradas no final do desfile de cada grupo. E ontem foi isso mesmo que voltou a acontecer!

Os primeiros marchantes foram da área de Tecelagem de Almalaguês, com a sua “Marcha de Almalaguês”, seguindo-se a Sala do Teatro com a “Marcha dos Abraços”, a “Marcha da O2”, pelos utentes daquela sala, a URDP 2 com a “Marcha Divertida-mente”, cabendo o ‘fecho’ à Formação Profissional, que apresentou a “Marcha dos Sentidos”. Não faltaram muita cor e muita animação, abrilhantadas ainda mais por várias letras inspiradas, escritas e interpretadas propositadamente para esta ocasião!

O nível foi de tal forma elevado, que até o júri pareceu ter ficado sem saber o que fazer e deu a mesma pontuação a todos os grupos participantes! Ou seja, no final, todos foram vencedores, não só porque cada um deu o melhor de si – na preparação dos figurinos, das coreografias e das músicas, bem como no desfile em si – mas também porque não havia mesmo como desempatar tão espetaculares prestações!

As Marchas Populares da Quinta da Conraria foram, como é habitual, organizadas pela equipa da Quinta Pedagógica “O Caracol”. Fazem parte de um plano anual que inclui ainda a celebração de várias outras festividades (Dia da Criança, Dia da Árvore, Feira das Colheitas, etc.), atividades para as férias de verão e um programa regular de visitas guiadas e de ateliês para uma vida e uma alimentação saudáveis, além das festas de aniversário e dos eventos. Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=254.