São mais de 200 obras e já estão à venda: novo catálogo de expressão plástica da APCC

São mais de 200 obras, etapa derradeira de um caminho que começa sempre com um espaço em branco, onde podem ainda caber todos os sonhos, todas ambições e todos os desejos. Das escolhas que então se fazem – Qual a forma? Qual a cor?… – se pode dizer que representam crescimento, aprendizagem, evolução. Ou, simplesmente, amor. E é assim que é vivido o quotidiano dos utentes do Departamento de Expressão Plástica da APCC.

São mais de 200 obras que são, agora, colocadas à venda e se expõem à consideração de qualquer um sobre os seus méritos e deméritos. São testemunhos de visões, desejos e formas de fazer individuais (e, por isso, todas surgem assinadas pelo utente que a criou), reflexos de quem encontrou no espaço de uma tela ou uma folha de papel uma forma de expressão, uma maneira de dizer.

São mais de 200 obras e, se sentir que elas ‘falaram’ consigo e quiser fazer uma compra, basta contactar a coordenadora do Departamento de Expressão Plástica, Suzete Azevedo, através do endereço de mail suzete.azevedo@apc-coimbra.pt. Afinal, agora é a sua vez de escutar. O caminho de que acima falámos está feito, mas só se cumpre integralmente se encontrar um destino, ou antes, um destinatário.

O Catálogo de Expressão Plástica 2019 da APCC pode ser visto mais abaixo nesta página ou descarregado (em formato PDF) em http://bit.ly/catalogoDEP_19. Apresenta obras de diferentes dimensões – feitas a acrílico, grafite, lápis de cor e pastel de óleo – e inclui trabalhos que integraram as coleções “Porque Somos um Retrato” e “Sinto Flores…”, ambas do ano passado, e outros de exercícios mais antigos, dedicados a paisagens e abstratos, realizados desde 2015.

Nele estão representados os autores Adelaide Leitão, António Abreu, António Camacho, António Castanheira, António Gonçalves, Carina Martins, Carlos Alves, Diogo Sacramento, Eugénio Fernandes, Eugénio Santos, Fernando Oliveira, Isabel Lopes, Isabel Pereira, Jaime Cortesão, João Bogalho, João Pedro Moreira, Julieta Santos, Liliana Ferreira, Lúcia Assis, Luísa Fernandes, Madalena Silva, Mário Carvalho, Nelson Pires, Nino da Conceição, Olga Ramalhais, Paulo Jesus, Paulo Maria, Paulo Sousa, Regina Cardoso, Ricardo Ferreira, Ricardo Fonseca, Ricardo Monteiro, Ricardo Rebola, Ricardo Simões, Ricardo Simões, Sara Barros, Tó Castanheira, Vanessa Pinto e Vasco Sequeira.

O Departamento de Expressão Plástica da APCC tem os seus objetivos alicerçados numa visão da arte não como uma “fábrica de artistas”, mas antes como um veículo para despertar a criatividade e a imaginação, dessa forma capaz de desenvolver competências e de potenciar o domínio sensorial e cognitivo. Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=528.