Veja o catálogo da coleção “Cru – O Corpo (im)Perfeito”: cerca de 200 desenhos e pinturas, já à venda

“Cru – O Corpo (im)Perfeito” é uma coleção de mais de 200 desenhos e pinturas, em que se juntam e se cruzam olhares sobre o (paradigma do) corpo perfeito, ao mesmo tempo que é colocada em causa a ‘normalidade’ dos modelos corporais: os dos que com ela se confrontam, mas, antes disso, os dos seus próprios autores. É uma provocação e um convite: (des)construir a ideia de Belo e permitir que estas criações atuem emocionalmente sobre cada um, como qualquer outro produto artístico, e o transforme.

Fora do ateliê do Departamento de Expressão Plástica da APCC, onde foram concebidas, as obras que constituem “Cru – O Corpo (im)Perfeito” encontraram o seu espaço numa exposição itinerante, que começou no Porto, no final do ano passado, e seguirá ainda este mês para Lisboa, cumprindo até julho um trajeto por outras cidades portuguesas. Mas ainda antes disso, são mostradas também em catálogo e disponibilizadas para venda.

Se quiser fazer uma compra, basta contactar a coordenadora do Departamento de Expressão Plástica, Suzete Azevedo, através do endereço de mail suzete.azevedo@apc-coimbra.pt (as obras ficarão dessa forma reservadas e serão entregues no final da itinerância da exposição). O Catálogo “Cru – O Corpo (im)Perfeito” pode ser visto mais abaixo nesta página ou descarregado (em formato PDF) em http://bit.ly/catalogoCRU. Apresenta obras de diferentes dimensões – feitas a lápis de cor, grafite, carvão, pastel de óleo, aguarela, acrílico, marcadores, caneta e digital, sobre papel, cartolina ou tela.

Nele estão representados os autores Ana Isabel, António Camacho, António Castanheira, António Gonçalves, Carlos Alves, Cátia Afonso, Diogo Sacramento, Eugénio Santos, Isabel Lopes, Jaime Cortesão, João Vaz, Julieta Santos, Leonardo Fonseca, Liliana Ferreira, Lúcia Assis, Luísa Fernandes, Madalena Silva, Márcio Ribeiro, Mário Carvalho, Nelson Pires, Nino Conceição, Regina Graça, Ricardo Monteiro, Ricardo Rebola, Ricardo Simões, Sara Barros e Vasco Sequeira.

O projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito” pretende contribuir para a descoberta de novas perceções da dicotomia belo/feio, alterar a imagem social da pessoa com deficiência e alterar comportamentos para a aceitação do corpo diferente. É desenvolvido pelo Departamento de Expressão Plástica da APCC e cofinanciado pelo Programa Nacional de Financiamento a Projetos 2019 do INR – Instituto Nacional para a Reabilitação.

O Departamento de Expressão Plástica da APCC tem os seus objetivos alicerçados numa visão da arte não como uma “fábrica de artistas”, mas antes como um veículo para despertar a criatividade e a imaginação, dessa forma capaz de desenvolver competências e de potenciar o domínio sensorial e cognitivo. Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=528.