António Marques e Emílio Conceição participaram em encontro dos atletas integrados no Programa Paralímpico

Cerca de uma centena de atletas, treinadores, parceiros de competição e técnicos assistentes desportivos participaram, no passado fim de semana, na Reunião Anual de Atletas do Programa de Preparação Paralímpica Tóquio 2020, que se realizou em Coimbra. Entre eles, estiveram António Marques, atleta da APCC e o praticante mundial de boccia com mais medalhas conquistadas em Jogos Paralímpicos, e o seu treinador, Emílio Conceição.

O encontro, que teve lugar na Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra e foi organizado pelo Comité Paralímpico de Portugal, juntou os atletas que se encontram na fase decisiva de qualificação para Tóquio 2020. Tratou-se de um momento de partilha e formação, tendo sido dinamizados painéis sobre nutrição, antidopagem e media training.

Foi também uma oportunidade para acertar aspetos fundamentais referentes à participação nacional nos próximos Jogos Paralímpicos e para dar a conhecer diversas circunstâncias relativas à permanência na capital japonesa. Além dos atletas e do restante staff, a reunião contou ainda com a presença do Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, e do Presidente do Instituto Nacional para a Reabilitação, Humberto Santos.

Caso venha a integrar a convocatória da Seleção Nacional para Tóquio 2020, António Marques participará nos seus oitavos Jogos Paralímpicos, competição em que já conquistou duas medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze, todas no boccia, e uma outra medalha de bronze no atletismo (lançamento de precisão). Já para o treinador Emílio Conceição, esta poderá ser a sua sétima presença.

Quanto à APCC, está perto de ter pela nona vez atletas a competir naquela grande prova continental, pois também já integraram missões paralímpicas Reinaldo Pereira (atletismo), Teresa Vendeiro (boccia), Carlos Alves e Rui Daniel Oliveira (futebol de 7). Em termos de medalhas, os desportistas da Associação já conquistaram 14: além das oito do António, três pelo Reinaldo e uma pela Teresa, o Carlos e o Rui Daniel.

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio realizam-se de 25 de agosto a 6 de setembro deste ano, estando prevista a participação de mais de 4200 atletas, de 22 modalidades, em representação de cerca de 170 países. A Seleção Nacional de Boccia de Portugal estará presente com 10 jogadores.

O boccia é uma modalidade mista, com grande tradição no nosso país. Na APCC, a vertente de competição (com diversos atletas a representar a Associação em competições nacionais e regionais) é conciliada com a dinamização da Bocciateca (o primeiro centro de recursos da modalidade do país, destinado à promoção do boccia sénior). Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=274.