CAVI da APCC promove formação inicial de assistentes pessoais

A APCC vai levar a cabo, de 15 a 24 de janeiro de 2020, um curso de Formação Inicial para Assistente Pessoal, no âmbito da atividade do seu CAVI – Centro de Apoio à Vida Independente. Esta formação, gratuita, tem uma duração total de 50 horas obrigatórias e habilitará quem a concluir a integrar as bolsas de assistentes pessoais para recrutamento dos diversos CAVI a nível nacional, sendo obrigatória para o desempenho daquela função.

Serão abordadas matérias relacionadas com os seguintes temas: direitos das pessoas com deficiência e vida independente; ética profissional e assistência pessoal; acessibilidade e comunicação; deficiência ou incapacidade, assistência pessoal e promoção da autonomia; fatores ambientais e produtos de apoio. O curso tem um número limitado de vagas.

Ler mais

Loja de Vender FI (re)abre por uma manhã em Condeixa e apenas para clientes VIP

Convém dizê-lo logo a abrir: o ‘target’ da grande (re)abertura da Loja de Vender FI é constituído por clientes VIP (Very Important Person, ou Pessoa Muito Importante), porque estamos a falar dos alunos da Escola Básica nº 2 de Condeixa-a-Nova! Será naquele espaço que a loja ambulante do Projeto Estúdio (um dos grupos de teatro da APCC) voltará a vender – já amanhã! – o seu conhecido elixir, do qual se diz ser útil porque não serve exatamente para nada que se reduza a relatórios ou números.

António Quarta Parede, Bárbara Teia, Bruno Frente de Sala, Liliana Plateia, Marta Baton e Nino Camarim serão os vendedores de serviço, cabendo-lhes também o papel de embaixadores de um produto que alcançou já assinalável sucesso quando foi comercializado na Baixa de Coimbra, no passado mês de outubro. Entre clientes anónimos e outros que ocupam os mais elevados cargos do Estado, muitos puderam comprovar as características únicas daquele elixir milenar e descobrir o nível de faz de conta que há dentro de si mesmos.

Ler mais

APCC e Comité de Rugby do Centro querem levar primeira equipa portuguesa ao Mundial de râguebi inclusivo

Cork, na República da Irlanda. É esta a cidade que acolherá o Torneio Internacional de Mixed Ability Rugby – IMAT 2020, que decorrerá em junho do próximo ano, e o destino desejado pela equipa de râguebi da APCC, que se pode tornar na primeira delegação portuguesa a participar na mais importante prova mundial daquela vertente da modalidade.

Essa ambição foi dada a conhecer ontem, numa conferência de imprensa realizada no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral de Coimbra, por Fernando Filipe de Oliveira, presidente da APCC, Carlos Leite, vice-presidente do Comité Regional de Rugby do Centro (CRRC), e João Costa, treinador da equipa...

Ler mais

A Baixa de Coimbra vai bombar com o grupo de bombos da APCC!

Não vai faltar ritmo na Baixa de Coimbra! É já amanhã (11 de dezembro) que os Semp’a Bombar vão levar os sons da música tradicional portuguesa àquela zona histórica da Cidade, no que se perspetiva vir a ser um final de manhã em cheio. A partir das 11H00, o grupo de bombos da APCC não vai deixar os seus créditos por mãos – e macetas – alheias! A animação estará concentrada no Largo do Poço, caso as condições atmosféricas o permitam, ou, em alternativa, na Praça do Comércio.

Preparem-se, portanto, para a energia contagiante dos Semp’a Bombar e dos seus bombos de Silvares e outros instrumentos de percussão… e não só! Poderão escutar a “Cantiga do Bombo” e diversos temas bem conhecidos, do “Menina Estás à Janela” ao “Zumba na Caneca”, do “Vira de Coimbra” ao “Oliveira da Serra” e muitos outros, mas também algumas canções também elas populares, mas com outro tipo de ritmos. Quem sabe até se não se ouvirá um “We Will Rock You” ou um “Despacito”… talvez mesmo uma música de Natal!…

A iniciativa é da...

Ler mais

Atletas da APCC não perderam o norte no Campeonato Regional de Inverno de Natação Adaptada

Já se sabia à partida que, sendo uma competição sob a égide da Associação de Natação do Norte de Portugal, a participação da APCC no Campeonato Regional de Inverno de Natação Adaptada teria de ser, por força dos regulamentos, extracompetição. Mas não se pense que os nossos nadadores se empenharam menos só porque não haveria medalhas resultantes da classificação… Afinal, o que os motiva é sempre a vontade de fazer um pouco melhor do que na última vez e, claro, passar bons momentos tirando partido da prática desportiva!

E assim se explica que o regresso da Póvoa de Varzim, onde se disputou a prova, tenha sido feito com mais cinco recordes pessoais na ‘bagagem’: três para a Matilde Gaspar e um para a Bárbara Gomes e a Carolina Lourenço. Mas também os rapazes – Joel Pereira, José Costa e Ruben Santos – deram tudo por tudo e voltaram a Coimbra com a consciência de um bom trabalho.

O Cam...

Ler mais