fbpx

Fique a conhecer melhor o projeto MAGISTER e os seus impactos, num balanço feito por responsáveis, formadores e participantes

No âmbito do projeto europeu MAGISTER, que juntou a APCC com parceiros austríacos e romenos e em que se procurou contribuir para aumentar a inclusão social de pessoas afetadas por alguma forma de doença mental, 48 técnicos de Portugal e da Roménia tornaram-se formadores especializados na melhoria dos serviços prestados na área da saúde mental. Este foi um dos resultados diretos daquela iniciativa, que tem agora um momento de balanço, em que participam alguns daqueles profissionais.

Através de um conjunto de testemunhos em vídeo – de José Lopes (direção da APCC), Mário Veríssimo (coordenador do projeto), Fernanda Maurício, Rosa Duarte (formadoras), Ana Cláudia Nogueira, Paula Almeida e Sofia Teixeira (formandas) – o MAGISTER e as experiências e aprendizagens por ele proporcionadas, bem como os seus impactos no exercício profissional dos envolvidos, são abordados de forma a permitir um maior conhecimento sobre o projeto, mas também a suscitar reflexões mais gerais sobre a saúde mental.

Ler mais

Escrevam uma frase ou façam um desenho e celebrem o Dia da Terra com a Quinta Pedagógica da APCC

Está quase aí o Dia da Terra (22 de abril) e a Quinta Pedagógica “O Caracol” lança agora um desafio para que celebrem este dia, virtualmente, com a APCC! E como o objetivo desta data é ajudar à consciencialização comum para a proteção do planeta, o convite é para que partilhem connosco as vossas reflexões em torno de duas ideias: Vamos pensar a Terra como pensamos a nossa casa? E se eu fosse o planeta Terra, como gostava que me tratassem?

Queremos receber frases e/ou desenhos com os vossos pensamentos ou respostas a estas perguntas, até ao próximo dia 19 de abril! Não há limites de caracteres, de técnicas ou outros, apenas um desafio para que nos ajudem a espalhar a mensagem da urgência de agirmos em conjunto para lidar com problemas graves como o aquecimento global, a extinção de espécies animais ou a contaminação da água e dos solos.

Ler mais

Voluntários da APCC juntam-se para o Dia das Boas Ações e promovem recolha de materiais para a instituição

O Dia das Boas Ações, que hoje se assinala, é um movimento mundial – são já mais de 100 países! – que pretende unir pessoas que realizam boas ações em benefício da comunidade e do planeta. É um convite a cada um para que faça o bem e inspire outras pessoas a fazer o mesmo e, tendo a APCC sido desafiada a juntar-se a esta iniciativa, os voluntários da Associação vão realizar uma recolha de materiais com que todos podem colaborar!

Desta forma, estarão a juntar-se a milhões de pessoas um pouco de todo o mundo que irão colocar em prática a ideia de que qualquer um pode fazer algo de bom, seja muito ou pouco, para melhorar as vidas dos outros. Para participar, só precisam de consultar a lista de materiais indicados mais abaixo, escolher um ou mais itens (pode ser da vossa própria casa ou recolhido junto de familiares e amigos) e contactar o nosso Gabinete de Voluntariado para combinar a sua entrega. A campanha ‘Dia das Boas Ações na APCC’ decorrerá de 12 a 23 de abril.

Ler mais

A pedido de vários entusiastas de um bom baile, ao segundo dia do regresso à Quinta da Conraria fez-se uma grande festa!

A Diana entusiasmava-se só de ouvir falar. O Ricardo abria muito os olhos que brilhavam. O Bruno levantava rapidamente os braços. O João ensaiava de imediato alguns primeiros passos. O Jorge dizia bem alto a palavra que estava na cabeça de quase todos os utentes da APCC: baile! Foi assim na segunda-feira, primeiro dia do reinício das atividades na Quinta da Conraria, e com vários outros protagonistas. Por isso, na terça-feira, tinha mesmo de haver bailarico!

O professor de música Tiago Silva foi o DJ de serviço, animando a manhã com ritmos dançáveis e muitas melodias de todos conhecidas, que provocaram uma espécie de fenómeno viral… mas dos bons, com a alegria a tornar-se absolutamente contagiosa! E apesar de o baile ter sido uma ‘exigência’ dos utentes, não foram eles os únicos a participar: os colaboradores juntaram-se à festa e garantiram que mesmo os mais ‘envergonhados’, ainda que reticentes em mostrar os seus movimentos de dança, esboçavam pelo menos um sorrido de cúmplice felicidade.

Foi u...

Ler mais

Não é preciso fazer um desenho: apoiar a APCC através da declaração do IRS não custa nada mas importa muito

Todos os dias, a APCC ajuda a traçar caminhos e a desenhar vidas. São milhares de utentes, e respetivas famílias, apoiados pela instituição, que desta forma cumpre a sua missão de promover a inclusão social de pessoas em situação de desvantagem, com especial incidência nas que têm deficiência e/ou incapacidade. E este é um trabalho que, agora mais do que nunca, é importante apoiar. E pode fazê-lo de forma simples e sem custos.

Para isso, basta que, ao entregar a declaração do IRS no Portal das Finanças, opte por fazer a consignação de 0,5% do imposto liquidado à Autoridade Tributária. Desta forma, e sem qualquer implicação no cálculo do seu reembolso, estará a garantir que esse montante será entregue à APCC, em vez de ir para os cofres do Estado. Não é preciso fazer um desenho: não custa nada, mas importa muito.

Ler mais