É fácil (e muito importante!) apoiar a APCC através da declaração do IRS

Agora que já é possível fazer a entrega da declaração do IRS (tem até ao dia 30 de junho), já pode também apoiar o trabalho quotidiano da APCC com mais de 3000 utentes e respetivas famílias, através de um gesto simples e sem qualquer custo ou implicações no cálculo do montante do seu reembolso. Para ajudar, basta que nos destine 0,5% do imposto pago à Autoridade Tributária e já estará a fazer a diferença!

É muito fácil: ao entregar a declaração, preencha o Campo 1101 do Quadro 11 (no Modelo 3) e indique a opção ‘Instituições Particulares de Solidariedade Social ou Pessoas Coletivas de Utilidade Pública’ e o NIF 506662306. Se optar pela declaração automática, o processo é semelhante, mas tem de assinalar a opção ‘Consignação’. Em ambos os casos, não se esqueça de selecionar também a quadrícula ‘IRS’.

Se pretender dar um contributo maior para a APCC, pode ainda doar-nos os 15% do imposto suportado em faturas relativas a reparação de automóveis e motociclos, alojamento e restauração, cabeleireiros e institutos de beleza, veterinários e passes mensais de transportes públicos. Neste caso, estará a prescindir desse montante a nosso favor. Para fazê-lo, terá de selecionar a quadrícula ‘IVA’.

Exemplo de preenchimento da declaração do IRS (clique para aumentar)

Exemplo de IRS automático (clique para aumentar)

E como apenas cerca de 10 % dos contribuintes portugueses costumam optar por consignar os seus impostos a organizações de solidariedade, poderá ainda prestar o seu apoio partilhando esta informação com os seus familiares, amigos e colegas.

Ao apoiar a APCC através da sua declaração de IRS, estará a dar um contributo direto para a continuação e melhoria dos serviços prestados pela instituição, em respostas como a reabilitação, a formação, as atividades ocupacionais, o acompanhamento, o jardim de infância e a escola básica, as residências, o apoio domiciliário ou os transportes, em áreas como o desporto, a música, o teatro ou a expressão plástica, e em serviços abertos à comunidade, como a Quinta Pedagógica e a Quinta Biológica, a Ludoteca, a Oficina do Brinquedo ou a Bocciateca.

Além do trabalho direto com os seus utentes, a APCC age na comunidade, sensibiliza a sociedade para a questão da deficiência, interage com parceiros para operar a mudança. Com mais de 40 anos de atividade e de provas dadas, é uma referência nacional e internacional na inclusão, na integração e na autodeterminação, cumprindo dessa forma a sua missão de promover a inclusão social de pessoas em situação de desvantagem, com especial incidência nas portadoras de deficiência e incapacidades.