Utentes da unidades residenciais foram ao futebol e foi uma goleada de felicidade!

O jogo opunha a Académica ao Benfica, mas nem a rivalidade clubística criou cisões entre os utentes da APCC que puderam assistir à Taça Hospital da Luz ao vivo: todos partilharam uma enorme emoção e um contagiante entusiasmo por estar a viver aquele momento! E é por isso que podemos garantir que, no passado sábado, foi esta a mais ruidosa claque presente nas bancadas do Estádio Cidade de Coimbra!

Quanto ao resultado, o que podemos dizer é que a verdadeira goleada foi de felicidade e podia ser facilmente comprovada pelos gritos de incentivo, os festejos inflamados e os sorrisos rasgados. E mesmo sendo o grupo constituído por utentes do Lar de Apoio e do Lar Integrado da instituição, o entrosamento foi total e a nota artística ao nível do apoio às duas equipas que se defrontavam no relvado – e a outros que nem estavam presentes, que nisto do desporto o mais importante é o fair play – foi elevada!

Ler mais

A época da natação terminou como correu o ano todo: recordes pessoais, medalhas e muita superação

Foram os últimos quilómetros desta época desportiva: na piscina, para os nadadores da APCC; e na estrada, para eles, mas também para técnicos e familiares. No passado domingo, este imparável grupo voltou a juntar-se, desta vez para rumar a Carregal do Sal, para o I Torneio de Natação Adaptada daquela localidade, e a animação e alegria habituais voltaram a andar de mãos dadas com o empenho e os bons resultados!

Vamos, em primeiro lugar, às provas… Participaram a Bárbara Gomes, a Carolina Lourenço, o Joel Pereira, o José Costa, a Matilde Gaspar e o Ruben Santos e houve recordes pessoais e medalhas a registar! A Bárbara, a Matilde e o Ruben estabeleceram, cada um, uma nova melhor marca individual e o medalheiro encheu com três medalhas para a Bárbara (uma de ouro e duas de prata), a Carolina (ouro, prata e bronze) e a Matilde (todas de prata).

Mas e...

Ler mais

Sandra Semedo regressou da Taça Internacional de Tricicleta com (mais) três medalhas de ouro!

Já chegou a Portugal e trouxe a bagagem mais pesada do que quando partiu: Sandra Semedo terminou a sua participação na Taça Internacional de Tricicleta, que se disputou na Dinamarca, com um total de três medalhas de ouro conquistadas! No primeiro dia, a atleta da APCC chegou ao primeiro lugar do pódio nos 800 metros da classe RR2, na segunda jornada, repetiu a proeza nos 400 metros e, para fechar a sua participação com chave de ouro, foi também a mais rápida nos 5000 metros, no último dia de provas.

Sandra confirmou assim de forma fulgurante o seu lugar entre as melhores praticantes de tricicleta a nível mundial, e enriqueceu ainda mais o seu invejável currículo! Aos 31 anos, tem agora oito medalhas (seis de ouro e duas de prata) conquistadas em três edições da Taça Internacional – a maior competição a nível mundial dedicada exclusivamente à tricicleta – num conjunto de doze medalhas obtidas em provas continentais e intercontinentais com as cores portuguesas.

Ler mais

Ontem foi dia de festa no Choupal, mas as crianças da Escola e do Jardim de Infância ainda estão a meio das Atividades de Verão!

Ontem, houve festa no Choupal! Fez-se a caminhada, aproveitando essa oportunidade magnífica que é estar em contacto próximo com a natureza, parou-se um pouco para dançar, cantar e conviver e transformou-se o almoço num piquenique cheio de animação! Os protagonistas destes momentos foram as crianças do Jardim de Infância e da Escola Básica da APCC, mas também os técnicos e os voluntários da Associação, que nunca deixam a alegria e o carinho por mãos alheias!

Mas esta até foi apenas uma das muitas Atividades Extracurriculares de Verão que fazem parte do programa deste final de ano letivo e que são a ‘resposta’ da APCC a vários meses de muito trabalho e aprendizagens, antes da chegada das férias. São quatro semanas – que começaram ainda no final do mês passado e se irão prolongar até 19 de julho – cheias de oportunidades para brincar e aproveitar o tempo livre na companhia dos melhores amigos.

Ler mais

As Férias Divertidas foram tudo o que o seu nome prometia e muito mais!

Chama-se Férias Divertidas porque, de facto, não faltam motivos para que os mais pequenos se divirtam. Mas também podia chamar-se Férias Sorridentes, porque não há uma única cara para a qual se olhe que não mostre um sorriso aberto. Dificilmente poderia era chamar-se Férias Dorminhocas, porque ninguém quer dormir quando está assim tão feliz. E, para os colaboradores da APCC, poderiam ser umas Férias Sem Cansaço, porque não há fadiga que dure ao ouvir mais um pedido de «Vamos!»

O programa Férias Divertidas da APCC – que, entre os dias 4 e 7 de julho, voltou a levar um grupo de crianças que frequentam a resposta social da Reabilitação até ao Naturwaterpark, em Vila Real – é tudo aquilo que atrás escrevemos e muito mais. É também Férias Vividas, porque permitir viver experiências novas, e Férias Partilhadas, porque são feitas partilhando a companhia dos melhores amigos.

Ler mais