Quem corre por gosto não cansa e os voluntários europeus da APCC não estão mesmo com vontade de parar

Já se sabe que agosto é aquela altura em que muitos aproveitam para abrandar o ritmo e descansar, mas esse não é definitivamente o caso da APCC e muito em particular dos nossos voluntários europeus. Desde o início do mês que a Carlotta Beoletto, a Katharina Bux, a Katharina Zvetolec e o Luca Rosania não têm parado, apoiando e dinamizando diversas atividades!

Começaram pela Quinta da Conraria, participando num chá inspirado no Chapeleiro Maluco da “Alice no País das Maravilhas” ou num projeto artístico inspirado pelo trabalho de Helena Almeida (vamos dar mais novidades sobre isso, fiquem atentos). Depois, ‘colaram-se’ às férias dos utentes das unidades residenciais e, entre idas à praia e outras saídas ou atividades internas, têm ajudado a fazer de agosto um mês de muita animação e alegria.

A Carlotta ...

Ler mais

Inscrições abertas: nova turma para a formação no programa Mais Família-Mais Jovem

Mais Família- Mais JovemDevido ao grande interesse suscitado pela formação no programa de educação parental Mais Família-Mais Jovem, que originou o rápido preenchimento de todas as vagas para as duas primeiras turmas previstas e posteriormente para uma terceira, a APCC tem abertas as inscrições para uma quarta turma. As datas de início para este grupo serão 13 e 14 de outubro e uma terceira data a combinar.

Psicólogos, assistentes sociais, professores, educadores sociais e outros profissionais de saúde mental, a quem o curso se dirige, têm assim mais uma oportunidade para enriquecer a sua formação, da qual sairão habilitados para trabalhar com famílias de jovens neste programa.

Ler mais

APCC participou em curso de formação para contadores de histórias

Share The Right StoryE se cerca de duas dezenas e meia de profissionais ligados a organizações de formação, educação e juventude de toda a Europa se juntassem durante duas semanas, numa cidade da República Checa, para aprender mais sobre como contar histórias de maneira relevante, juntando às palavras os recursos audiovisuais (numa palavra, mesmo que inglesa, sobre storytelling)?

Foi precisamente isso que aconteceu entre os dias 8 e 16 de agosto e a APCC esteve representada pela professora de teatro – e encenadora do grupo Sala T – Mariana Nunes, que se juntou a outros 25 técnicos de 13 países. Juntos, aprenderam e debateram formas de usar o storytelling como uma ferramenta para apoiar a aprendizagem e para aumentar a eficácia e o prazer no seu próprio trabalho.

Ler mais

APCC trabalha em mecanismo de reconhecimento de aprendizagens no voluntariado

Com um histórico recente importante ao nível da certificação da(s) aprendizagem(ns) ao longo da vida, Portugal tem ainda uma margem de crescimento considerável nesta área ao nível do voluntariado. O reconhecimento das aprendizagens realizadas pelos voluntários continua a não ser uma realidade sistematicamente organizada no país, mas a APCC é uma das organizações empenhadas em mudar esta realidade.

No âmbito da iniciativa Lisboa Capital Europeia do Voluntariado 2015, diversos agentes no domínio do voluntariado puderam colaborar na criação de um mecanismo de reconhecimento das aprendizagens decorrentes do voluntariado. Inspirada por esta experiência, a APCC está a atualmente a trabalhar em formas concretas de, brevemente, poder atribuir aos seus voluntários certificações – devidamente reconhecidas a nível nacional – das aprendizagens que realizam na instituição.

Ler mais

Medidas de apoio ao investimento agrícola apresentadas na Quinta da Conraria

CoimbraMaisFuturoA CoimbraMaisFuturo, organização de que a APCC é um dos associados, realiza amanhã (11 de agosto) uma sessão de informação na Quinta da Conraria, a partir das 10H00. Serão esclarecidas diversas questões relacionadas com as linhas de apoio ao investimento agrícola no concelho de Coimbra, no âmbito do programa LEADER/DLBC Rural (Desenvolvimento Local de Base Comunitária).

Em causa estão duas candidaturas – medidas “Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola” e “Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas” – destinadas a agricultores e empresários que proporcionam no conjunto 600 mil euros de financiamento a fundo perdido. Trata-se, portanto, de uma oportunidade relevante para a modernização e aumento da competitividade de explorações e atividades.

Ler mais