Vai ser uma aventura inesquecível: inscrições já abertas paras as Férias de Verão na Quinta!

Não há verão como o da Quinta da Conraria! As Férias de Verão na Quinta estão quase aí de novo, com jogos desportivos, teatro, agricultura e jardinagem, culinária, música, expressão plástica e equitação, mas também contacto com a natureza, tempo ao ar livre e muitas surpresas! Vai ser tanta a animação, que temos a certeza de poder dizer que não haverá férias mais divertidas!

Organizadas pela APCC, as Férias de Verão na Quinta ‘18 terão lugar entre os dias 2 e 20 de julho e são dirigidas a crianças dos 6 aos 12 anos, apresentando diversas iniciativas lúdicas e pedagógicas, capazes de deixar os mais pequenos com os maiores sorrisos! O tema genérico deste ano é “Aventuras na Quinta” e cada semana terá uma programação específica, com diferentes formas de comunicar e brincar com a natureza, ateliês e outras atividades associadas.

Ler mais

Estudantes do ISEC criaram jogo de computador para crianças da APCC

Os jogos podem ser uma boa forma de fazer amigos, mas também há amigos que podem fazer jogos para nós… Nós explicamos: o António Rego, o David Alcaso e o Rui Santos são três estudantes da licenciatura em Engenharia Informática do ISEC-Instituto Superior de Engenharia de Coimbra que, no âmbito da unidade curricular de Ética e Deontologia, tinham um projeto de cariz solidário para levar a cabo.

Pois estes nossos amigos (e vizinhos) tiveram a enorme generosidade de desenvolver um jogo de computador, com vários desafios criados especificamente para crianças com dificuldades de aprendizagem, e oferecê-lo à APCC. Esta colaboração veio ainda reforçar mais uma vez a ligação próxima entre a Associação e aquela instituição de ensino superior, que já há muitos anos colaboram em projetos de carácter técnico-científico e social.

Os pr...

Ler mais

Inscrições já abertas para formação em hipoterapia e equitação terapêutica

A APCC vai promover, de 25 a 29 de junho, uma formação em hipoterapia e equitação terapêutica, com uma forte componente prática e dada na sua totalidade em ambiente equestre. Trata-se de uma iniciativa dirigida a profissionais das áreas social, da saúde e da educação, profissionais do domínio equestre, estudantes e todos os que pretendem integrar equipas multidisciplinares na habilitação de pessoas em situação de desvantagem.

Esta formação, com a duração de 40 horas, tem como objetivos dotar os formandos de conhecimentos teóricos e práticos básicos sobre: o cavalo, terminologia, comportamento e diferentes andamentos; as diferentes abordagens: hipoterapia, equitação terapêutica, equitação adaptada, desporto e lazer, etc.; o papel do acompanhante.

Ler mais

APCC inaugura “Bright”, uma exposição de pintura sobre formas e as suas histórias

A APCC volta a abrir as portas da Sala O2 para revelar mais um conjunto de criações artísticas dos utentes que frequentam aquela resposta do seu Centro de Atividades Ocupacionais. No próximo dia 18 de junho, pelas 10H30, é inaugurada a exposição “Bright – Formas com Mensagens” na Quinta da Conraria, que revelará cerca de 40 pinturas sobre papel, acompanhadas por pequenos textos em que os seus autores desvendam as histórias por detrás de cada uma.

Estas pinturas poderão depois ser vistas até 6 de julho, sempre entre as 10H30 e as 12H00 (dias úteis), coincidindo este horário com o funcionamento normal da Sala O2. Desta forma, e à semelhança do que já aconteceu em abril e maio passados com a exposição “Figuras Assustadoras”, os visitantes terão a oportunidade de conhecer também o ambiente quotidiano de trabalho naquele espaço, com a presença dos autores no seu contexto.

Ler mais

Ligados às Máquinas encerram Dia da Musicoterapia na Universidade de Aveiro

Se ainda não assistiu ao vivo a uma atuação dos Ligados às Máquinas – a orquestra de samples da APCC e o único grupo do seu género no mundo – tem uma nova oportunidade amanhã (16 de junho), no concerto de encerramento do Dia da Musicoterapia na UA, que terá lugar a partir das 17H30, no Auditório CCCI do Departamento De Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

É absolutamente a não perder: este coletivo musical sem paralelo tem para apresentar composições originais, construídas pelos seus membros utilizando exclusivamente samples sonoros escolhidos e recolhidos por eles próprios, tendo por base as suas vivências e gostos. Desta forma, hip-hop, rock, techno, fado, blues, world music, música erudita e música concreta cruzam-se entre si, mas também com sons da publicidade e de séries televisivas, formando uma verdadeira manta de retalhos sonoros.

Ler mais