Loja de Vender Poetas, a destapar a poesia desde 2018 (agora também em formato ‘faça-você-mesmo’)

Quando o escritor Afonso Cruz publicou “Vamos Comprar um Poeta”, ninguém terá imaginado que esse livro sobre um mundo em que tudo se resume a números e tudo é mensurável viesse a dar origem, três anos depois, a um ateliê em que se discutiram coisas tão inutilistas como o que aconteceria de houvesse uma greve do teatro. E, no entanto, foi precisamente isso que aconteceu ontem, no Pólo 2 da Escola Superior de Educação.

Mas não comecemos pelo fim. Primeiro, houve o espetáculo “Vamos Comprar um Poeta”, que a atriz e professora de teatro da APCC Adriana Campos levou a diversas bibliotecas escolares e municipais da região Centro e a centenas de alunos do 3º ciclo do ensino básico, ao longo de 2018 e 2019. Como companheiras nesta viagem, teve a menina que saiu das páginas da obra de Afonso Cruz para concretizar esse desejo de adquirir um exemplar dessa gama específica de escritores e a convicção de que a poesia transforma as nossas vidas.

Ler mais

Parceiros europeus vieram a Coimbra fazer balanço de projeto comum e conhecer a APCC

No âmbito do projeto DARE, que junta a APCC e organizações de Itália, França, Bélgica e Roménia com o objetivo de experimentar formas inovadoras de gerir diferentes tipos de serviços de assistência domiciliária, um grupo de 14 dirigentes e profissionais dos parceiros envolvidos esteve em Coimbra, na passada semana, para conhecer a realidade da Associação.

Ao longo dos três dias que durou este encontro de trabalho, foram dados a conhecer os modelos de funcionamento postos em prática na APCC, mas também as infraestruturas e os equipamentos que os suportam, bem como alguns dos profissionais que os desenvolvem. Assim, e além de uma atenção particular dada aos Serviços Domiciliários e ao recém-criado Centro de Apoio à Vida Independente, foram realizadas visitas ao Centro de Reabilitação, à Quinta da Conraria e ao Lar Integrado.

Ler mais

A primeira equipa portuguesa de ‘mixed ability rugby’ é da APCC, foi ontem apresentada e tem padrinhos de luxo!

A Carolina, o David, a Diana, o Duarte, a Flávia, o João, o Joel, a Lúcia, o Marco, os Nunos, o Ricardo e o Rui: estes são os nomes que ficarão para a história como os jogadores da primeira equipa portuguesa de ‘mixed ability rugby’! São todos utentes da APCC, mas o objetivo é que, no futuro, possam vir a participar também pessoas sem deficiência, com ou sem experiência no râguebi ou em outros desportos.

A equipa de râguebi da Associação, que é treinada por João Costa (fisioterapeuta na instituição, ex-jogador e atual árbitro da modalidade), apresentou-se publicamente ontem, durante um evento da modalidade integrado nos Jogos de Coimbra, realizado no campo da Escola Superior Agrária, que juntou vários clubes e praticantes de todas as idades.

Ler mais

Comitiva italiana visitou a APCC para conhecer práticas de agricultura social

Um grupo de responsáveis políticos e associativos de Itália realizou ontem uma visita de trabalho à Quinta da Conraria, para conhecer a atuação da APCC na área da agricultura social. Faziam parte desta comitiva responsáveis autárquicos do município de Porto Tolle e elementos das associações C’entro e Luce sul Mare, das cooperativas sociais Castel Monte, Titoli Minori e La Goccia e da fundação IRPEA – Istituti Riuniti Padovani di Educazione e Assitenza.

Reunindo pessoas com interesses nas áreas da agricultura, serviço social, voluntariado e turismo, a visita teve particular enfoque na Quinta Biológica e no setor de agricultura convencional, embora tenha também sido visitada a Quinta Pedagógica “O Caracol” e abordada a área da jardinagem. Nas interações com os profissionais da APCC, e além de aspetos mais técnicos relativos à vertente agrícola, foram ainda trocados pontos de vista sobre as vantagens das atividades de agricultura social para os utentes nelas envolvidos.

Ler mais

Ligados às Máquinas ligam-se aos alunos de jazz do Conservatório em concerto e ateliê abertos ao público

O que resultaria de um diálogo, necessariamente musical, entre os membros dos Ligados às Máquinas – a orquestra de samples da APCC – e os alunos do Curso Profissional de Jazz do Conservatório de Música de Coimbra? Esta é uma pergunta que não precisa de ser retórica nem de ficar dependente da imaginação de quem lhe tentar responder: na próxima sexta-feira, 12 de abril, ela será respondida em dois momentos diferentes.

O último, que é o de maior dimensão, será durante o Concerto Final da 7ª Semana Aberta do Jazz, que incluirá a apresentação de uma composição musical construída pelo Ligados às Máquinas e por 40 estudantes do referido curso. É para ver e ouvir no Grande Auditório do Conservatório, a partir das 21H30. A entrada é livre, podendo os bilhetes ser desde já levantados no local.

Ler mais