Quinta da Conraria

Elementos da URDP atiraram a rotina ao tapete e fortaleceram laços profissionais

Com o final do ano a chegar, é importante para os colaboradores da APCC poder ‘recarregar baterias’ para entrar em 2020 com a energia e a determinação no máximo, de forma a poder prestar o melhor apoio e serviços aos utentes. O mesmo se aplica aos índices de motivação, elementos determinantes do quotidiano laboral, e foi por isso que, antes do curto período das férias natalícias, alguns profissionais da Associação participaram, no início desta semana, numa atividade conjunta, fora do contexto institucional.

No Montanha Clube da Lousã, e com o apoio imprescindível dos professores da secção de judo, um grupo de elementos da equipa da URDP – Unidade de Reabilitação de Deficientes Profundos experimentou aquela modalidade e, sobretudo, divertiu-se bastante e aprendeu a conhecer-se um pouco melhor. E houve ainda tempo para partilhar um almoço e passear no centro histórico da vila.

Ler mais

Convívio de Natal da Quinta da Conraria: um dia do ano para celebrar a partilha dos outros 364

A festa de Natal da Quinta da Conraria já nos habituou a ser um verdadeiro desfile de atuações inesquecíveis, mas arriscamos dizer que, este ano, se atingiram níveis estratosféricos de emoção e talento(s). Ontem, no Conservatório de Música de Coimbra, foi ‘Um Espetáculo de Natal!’, com poesia, música, dança e vídeo, mas sobretudo com muito orgulho por poder fechar o ano a mostrar às famílias – a de sangue, a do coração e a da APCC – alguns dons escondidos e confirmar outros já antes revelados.

Mas vamos à sucessão dos artistas… Primeiro, os da casa: a Liliana Ferreira, o António Gonçalves e a Elisabete Machado leram, como já é praticamente tradição, um poema do Fernando Carvalho; a Raquel Miranda e o Sérgio Felício cantaram “Voar Até Ti”; os 5ª Dança fizeram jus ao nome e dançaram Lena d’Água; da Formação Profissional, vieram uma interpretação de “Cola-te a Mim” e uma tocante leitura de “Tabacaria”, de Álvaro de Campos; e o Coro da Quinta encerrou a Festa com a canção “Os Contentores de Natal”.

Mas não foi só a ...

Ler mais

Natal na APCC ‘arrancou’ com a Festa da URDP 1

Em boa verdade, há muito que o Natal começou na APCC, com os diversos preparativos para as celebrações da quadra que têm vindo a ocupar utentes e colaboradores há várias semanas. Mas, se quisermos ser rigorosos, o ‘pontapé de saída’ foi dado ontem, com muita alegria e emoção, com a Festa de Natal da URDP 1, em que os familiares se juntaram aos festejos e participaram ativamente numa grande celebração feita de amor e união.

À entrada na sala, era fácil perceber o que ali trazia toda a gente: o espaço tinha ganho novas cores, com o vermelho, o branco e o verde, que (pre)enchem as nossas vidas na época do Natal, a dominarem a decoração. E muitos doces – e não só! – mais ou menos ‘natalícios’ (quem provou, por exemplo, os bolos de noz e de laranja feitos pelos próprios utentes na véspera diz que valiam bem a pena), que ajudaram a adoçar uma manhã muito especial.

Ler mais

Inauguração de “Viagem elementArte” deu destaque ao processo de criação dos utentes da URDP 2

O tema é o ambiente e as alterações climáticas, mas também o percurso que cada autor realizou até ao resultado que agora é mostrado ao público. É por isso que a exposição ontem inaugurada pela APCC, na Quinta da Conraria, leva o nome “Viagem elementArte” e que, no primeiro dia em que esteve patente, o destaque foi dado tanto às pinturas criadas pelos utentes da sala URDP 2, como ao processo e aos métodos que permitiram a sua concretização.

Espalhados pelo espaço, cerca de duas dezenas de trabalhos são o ponto final de um périplo que foi motivado pela necessidade de sensibilizar a sociedade para a beleza e o equilíbrio da natureza. Neles, as representações de animais são, em si mesmo, uma chamada de atenção para o muito que estamos em risco de perder caso não sejam tomadas medidas para manter e preservar a sustentabilidade do planeta.

Ler mais

Utentes da APCC fizeram uma “Viagem elementArte”, que agora vai ser uma exposição onde também será possível experimentar como tudo aconteceu

Começou com desenhos livres, cuja fluidez remetia desde logo para a forma como tudo acontece na natureza. Depois, foi a representação da vida animal, sem a qual a natureza não está completa. E neste quadro, tornou-se inevitável abordar a questão da poluição e das alterações climáticas. Esta viagem, realizada pelos utentes da sala URDP 2 da APCC, dá agora origem à exposição “Viagem elementArte”, que será inaugurada no próximo dia 16 de dezembro, pelas 10H45, na Quinta da Conraria.

Nesta exposição, estarão reunidas diversas pinturas, criadas durante um processo simultâneo de descoberta sobre a problemática ambiental, mas também sobre as capacidades de cada um dos intervenientes para intervir artística e socialmente. Perante a urgência de tomar uma atitude sobre matérias como a poluição ou a destruição da Terra, a deste grupo de utentes foi sensibilizar a sociedade a partir da arte.

Ler mais