Instituição

(Re)veja a Aula Aberta e tributo da APCC a Luís Borges

Há sensivelmente um mês, o Auditório do Conservatório de Música de Coimbra encheu para assistir à Aula Aberta proferida por Luís Borges e prestar tributo ao neuropediatra e presidente da Assembleia Geral da APCC. Na altura, utentes, ex-utentes e seus familiares, colaboradores atuais e antigos da Associação, bem como colegas do homenageado e muitas outras pessoas puderam assistir a um momento marcado pela emoção e pela gratidão.

Disponibilizamos agora essa Aula Aberta “Plasticidade Neuronal e o Desenvolvimento Cognitivo – Dados Fornecidos pela Observação de Crianças com Enfartes Perinatais”, para que ela possa chegar também aos muitos que, não tendo podido marcar presença, manifestaram vontade de partilhar esta homenagem.

Ler mais

Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão visitou a APCC

Nelson de Souza, secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, realizou na passada sexta-feira uma visita de trabalho à APCC, em que pôde ficar a conhecer a instituição e contactar com dirigentes, colaboradores, utentes e formandos, no âmbito da relação de articulação do Governo com a Plataforma das Organizações para a Formação e Emprego de Pessoas com Deficiência, que congrega entidades que desenvolvem atuação neste setor.

Apesar de focada essencialmente no campo da formação profissional, a visita permitiu ao governante contactar com a Associação na globalidade, tendo mesmo sido iniciada na sua sede, no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral de Coimbra. Aqui, depois da receção pelo presidente da Direção, Antonino Silvestre, foi feita uma apresentação breve dos serviços em funcionamento na APCC, pela vice-presidente Fátima Januário.

Ler mais

Uma homenagem sentida ao cidadão, médico e amigo Luís Borges

Utentes, ex-utentes e seus familiares, colaboradores atuais e antigos da APCC, mas também colegas do homenageado e muitas outras pessoas não quiseram faltar ao tributo prestado pela Associação a Luís Borges e, dessa forma, encheram o Auditório do Conservatório de Música de Coimbra, no passado dia 13 de abril.

Foi, portanto, perante uma sala repleta – em particular, de muita admiração e ainda mais emoção – que o neuropediatra proferiu a Aula Aberta “Plasticidade Neuronal e o Desenvolvimento Cognitivo – Dados Fornecidos pela Observação de Crianças com Enfartes Perinatais”, com a qual se assinalaram os seus 43 anos de dedicação à APCC, na altura em que termina a sua prática clínica na instituição, embora não a ligação àquela que o próprio descreveu como a sua família.

Ler mais

APCC homenageia Luís Borges: Aula Aberta vai celebrar o seu conhecimento e contributo para a sociedade

A APCC irá prestar tributo ao neuropediatra Luís Borges, com a realização de uma Aula Aberta proferida pelo próprio, no que se pretende que seja um momento de celebração do seu contributo para a medicina e, em particular, para a evolução das formas de acompanhamento de crianças com doenças neurológicas e do desenvolvimento, assim como das suas famílias.

O evento decorrerá no dia 13 de abril, a partir das 15H00, no Auditório do Conservatório de Música de Coimbra. O tema desta Aula Aberta será “Plasticidade Neuronal e o Desenvolvimento Cognitivo – Dados Fornecidos pela Observação de Crianças com Enfartes Perinatais”.

Ler mais

Ajude a fazer a diferença: apoie a APCC através da declaração do IRS

Já decorre o prazo para a entrega da declaração do IRS (este ano, tem até 31 de maio), o que quer dizer que volta a ter uma oportunidade para apoiar o trabalho quotidiano da APCC, sem qualquer custo e sem implicações no cálculo do montante do seu reembolso. É um gesto simples, mas de grande importância para a Associação e os mais de 3000 utentes e respetivas famílias que apoia.

Basta que nos destine 0,5% do imposto pago à Autoridade Tributária e já estará a fazer a diferença, sem perda de benefícios para si. Na entrega automática, deve assinalar a opção ‘Consignação’, enquanto que, se optar por preencher a declaração, deve preencher o Campo 1101 do Quadro 11 (no Modelo 3). Em ambos os casos, só tem de indicar a hipótese ‘Instituições Particulares de Solidariedade Social ou Pessoas Coletivas de Utilidade Pública’ e o NIF 506662306.

Ler mais