fbpx

Instituição

Outubro é o Mês da Paralisia Cerebral na APCC, que convida a comunidade a partilhar os motivos para lutar por mudanças

Aproveitando a convergência no mês de outubro do Dia Mundial e do Dia Nacional da Paralisia Cerebral (dias 6 e 20, respetivamente), a APCC vai fazer deste o ‘Mês da Paralisia Cerebral’. Tomando o mote deste ano do Dia Mundial – Milhões de motivos – vimos desafiar a comunidade a encontrar connosco motivos para falar de paralisia cerebral. Porque cada pessoa que vive com paralisia cerebral é um motivo para lutar por mudanças.

Até ao dia 31 de outubro, pretendemos recolher frases com os motivos de cada um para se manifestar neste Mês da Paralisia Cerebral… Podem ser reflexões, experiências, memórias, reivindicações ou quaisquer outras formas que cada um escolha para partilhar. E podem vir de pessoas com paralisia cerebral, familiares, amigos, profissionais da área, ou de qualquer outra pessoa ou entidade que queira, simplesmente, juntar-se a esta iniciativa por uma sociedade mais inclusiva.

Podem fazer-nos chegar o(s) v...

Ler mais

Convocatória para a Assembleia Geral Ordinária de 4 de agosto

De acordo com o artigo 23º, número 1 e 4, e artigo 28ª alínea a) dos Estatutos, é convocada uma Assembleia Geral Ordinária da APCC, a reunir no próximo dia 4 de agosto de 2021, pelas 16H30, na Rua Garcia de Orta – Vale das Flores. Abaixo podem ser consultadas a convocatória e a ordem de trabalhos.

Esta última inclui a discussão e aprovação do Relatório de Atividades e da Conta  de Gerência de 2020, entre outros assuntos. Se à hora marcada não comparecer o mínimo de sócios suficientes, a Assembleia funcionará 30 minutos mais tarde (17H00), com qualquer número de sócios.

Ler mais

Convocatória para a Assembleia Geral Ordinária de 28 de junho

De acordo com o artigo 23º, número 1 e 4, e artigo 28ª alínea a) dos Estatutos, é convocada uma Assembleia Geral Ordinária da APCC, a reunir no próximo dia 28 de junho de 2021, pelas 16H30, na Rua Garcia de Orta – Vale das Flores. Abaixo podem ser consultadas a convocatória e a ordem de trabalhos.

Esta última inclui a discussão e aprovação do Relatório de Atividades e da Conta  de Gerência de 2020, entre outros assuntos. Se à hora marcada não comparecer o mínimo de sócios suficientes, a Assembleia funcionará 30 minutos mais tarde (17H00), com qualquer número de sócios.

Ler mais

Não é preciso fazer um desenho: apoiar a APCC através da declaração do IRS não custa nada mas importa muito

Todos os dias, a APCC ajuda a traçar caminhos e a desenhar vidas. São milhares de utentes, e respetivas famílias, apoiados pela instituição, que desta forma cumpre a sua missão de promover a inclusão social de pessoas em situação de desvantagem, com especial incidência nas que têm deficiência e/ou incapacidade. E este é um trabalho que, agora mais do que nunca, é importante apoiar. E pode fazê-lo de forma simples e sem custos.

Para isso, basta que, ao entregar a declaração do IRS no Portal das Finanças, opte por fazer a consignação de 0,5% do imposto liquidado à Autoridade Tributária. Desta forma, e sem qualquer implicação no cálculo do seu reembolso, estará a garantir que esse montante será entregue à APCC, em vez de ir para os cofres do Estado. Não é preciso fazer um desenho: não custa nada, mas importa muito.

Ler mais

APCC colabora em projeto de investigação para criar sistema de controlo de cadeiras de rodas através do cérebro

Um grupo de seis utentes da APCC participou em várias experiências realizadas para testar a viabilidade de um sistema de interface cérebro-computador que garante um nível de fiabilidade sem precedentes no controlo de cadeiras de rodas através do cérebro. Por meio da realização de um conjunto de tarefas – simular percursos de navegação em situações como passagem de portas, corredores, acessos ou desvio de obstáculos e de pessoas – foi comprovada uma precisão de quase 100 por cento.

Estes resultados mostram, pela primeira vez, que é possível conceber um sistema com aquele tipo de interface com elevado desempenho e fiabilidade e controlado de forma natural por pessoas com forte limitação motora, sem elevado esforço mental do utilizador e ao seu ritmo. Isto porque a solução agora proposta apresenta um sistema de navegação que, por um lado, realiza as manobras finas de navegação e, por outro lado, corrige e interpreta possíveis comandos errados.

Ler mais