Projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito” entra na sua fase final e já falta pouco para ser exposição

Há vários meses que o corpo tem sido mote e estímulo para a criação nas aulas do Departamento de Expressão Plástica da APCC. As formas humanas são o ponto central do projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito”, com o qual se pretende contribuir para a descoberta de novas perceções da dicotomia belo/feio, alterar a imagem social da pessoa com deficiência e alterar comportamentos para a aceitação do corpo diferente.

E esta semana, o processo criativo entrou numa nova e importante fase, em que os modelos que inspiram os trabalhos que estão a ser produzidos, até agora sob a forma de fotografias ou desenhos, ‘ganham vida’. O desenho de modelos ‘de carne e osso’ – que podem ser os próprios utentes ou colaboradores da Associação – abre novas perspetivas aos criadores, desde logo artísticas, mas também nas possibilidades que pode levantar na sua própria relação com o seu corpo.

Ler mais

MAGISTER: projeto europeu na área da saúde mental, que junta APCC a parceiros austríacos e romenos, inciou formação de formadores

O projeto MAGISTER, em que a APCC é parceira de organizações da Áustria e da Roménia, entra esta semana numa nova etapa, que habilitará técnicos das entidades envolvidas a darem formação a profissionais que exerçam a sua atividade junto de pessoas com necessidades especiais de saúde mental. Esta formação de formadores está a decorrer na cidade austríaca de Dornbirn, estando a APCC representada por quatro colaboradores.

Ao longo dos cinco dias deste encontro, a base de trabalho será o currículo de formação desenvolvido no âmbito do projeto, destinado a melhorar as competências práticas, bem como a capacidade de abordar o aumento do número de casos de ansiedade e depressão. Os técnicos da APCC serão posteriormente responsáveis por organizar novos módulos de formação para outros colaboradores da instituição, à semelhança do que acontecerá nos demais parceiros.

Ler mais

António Marques integra Seleção Nacional de boccia no Open da Póvoa de Varzim, mas APCC tem mais três ‘representantes’

O atleta António Marques, da APCC, vai voltar a representar Portugal numa grande prova internacional de boccia. Trata-se, desta vez, do Open Mundial da Póvoa de Varzim, que se inicia hoje e em que participarão cerca de 100 atletas. Oliveirinha, como é conhecido, será mais uma vez acompanhado pelo seu treinador e parceiro de competição Emílio Conceição e competirá individualmente na categoria BC1 e ainda enquanto membro da Equipa BC1/BC2.

Será a quarta vez no presente ano que o jogador de 56 anos integrará a Seleção Nacional, tendo nas competições já disputadas conquistado quatro medalhas: uma de prata (por equipas) no Campeonato da Europa, duas também de prata (equipas e individual) no Open de Olbia e uma de bronze (individual) no Open de Montreal.

Ler mais

Colaboradores da APCC estiveram na Dinamarca para iniciar projeto europeu de formação para profissionais de saúde

Arrancou na passada semana, em Copenhaga (Dinamarca), o projeto europeu “Health Could Be Learned”, através do qual a APCC e parceiros da Dinamarca, Lituânia e Reino Unido pretendem alargar e promover as competências e conhecimentos de profissionais da área da saúde que trabalham com diversos grupos de pessoas, com e sem deficiência, acerca de estilos de vida saudáveis e da redução das desigualdades nesta área.

Naquela que foi a primeira reunião transnacional realizada no âmbito desta iniciativa, técnicos da Associação e das demais entidades envolvidas desenharam o programa de ações a desenvolver, no que tiveram o apoio de outras organizações dinamarquesas dos campos da educação e formação. Ficaram assim definidos os próximos passos, que levarão ao desenvolvimento de módulos de formação baseados numa abordagem inovadora.

Ler mais

Projeto europeu sobre direitos das mulheres com deficiênca na área da saúde reprodutiva juntou grupo multifacetado em Coimbra

O projeto “Preg-Equal” tem como foco o direito fundamental das mulheres com deficiência de constituir sua própria família e de fazer escolhas conscientes em questões sexuais, reprodutivas e maternas. Através da formação e da sensibilização, esta iniciativa, que junta a APCC e parceiros de Portugal, Espanha, Itália e Roménia, pretende contribuir para um debate aberto sobre aquele tema, que em alguns dos países envolvidos ainda encontra inúmeras barreiras culturais.

Ao longo da presente semana, 15 elementos (mulheres, parceiros e também técnicos) das entidades envolvidas, bem como técnicos de saúde a elas ligados, estiveram em Coimbra para uma ação de mobilidade realizada com o objetivo de trocar experiências e dar a conhecer, em particular, a realidade portuguesa. Foi uma oportunidade para juntar a teoria e a prática e promover a reflexão conjunta de diferentes interlocutores.

Ler mais