O Lar Integrado é agora também uma galeria: de histórias e de artistas

No Lar Integrado da APCC, os dias já são, por norma, recheados de histórias, tanto pelas interações entre utentes de diferentes origens e percursos de vida, mas também já com muitas vivências em conjunto, como pelas novas narrativas resultantes das atividades em que estes se envolvem regularmente. Só que agora, até nas paredes há histórias a serem contadas, com aquela unidade residencial a ser ‘transformada’ numa espécie de galeria de pintura.

Várias obras que integraram coleções ‘nascidas’ nas aulas do Departamento de Expressão Plástica ao longo dos últimos anos fazem parte, desde o passado fim de semana, do quotidiano de utentes e colaboradores do Lar Integrado. São marcas pessoais e identitárias dos seus autores, alguns dos quais ali residentes, e também motivo para novas interpretações e muitas conversas sobre formas, tons e, o mais importante, sensações.

Ler mais

APCC loves culture, ou a crónica do ‘regresso’ em grande do programa APCCCultura

Nada do que é feito no âmbito do APCCCultura pode ser descrito como ‘normal’, desde logo porque o seu enfoque está em questionar tudo. Mas, por paradoxal que possa parecer, o mais relevante deste programa – através do qual os utentes da APCC têm a oportunidade de conhecer mais do mundo e nele participar ativamente, nomeadamente nas vertentes artística, cultural e de lazer – é que ele permite a maior das normalizações, ajudando a desconstruir a imagem da deficiência, tanto em termos sociais, como da própria consciência de si mesmos por parte dos envolvidos.

Um bom exemplo disto mesmo, que é simultaneamente um sinal dos objetivos que o programa pretende atingir durante os próximos meses, foi a primeira iniciativa realizada no corrente ano, com um grupo de utentes a deslocar-se a Águeda para assistir a “Romeo Loves Juliet”. Nesta peça, em que o Crinabel Teatro trabalha “Romeu e Julieta”, são os atores daquele grupo (todos pessoas com trissomia 21) e as suas motivações pessoais e artísticas a determinar a reescrita do clássico de Shakespear.

Ler mais

APCC triplamente medalhada na fase regional do Campeonato de Boccia BC1, BC2, BC4 e BC5

Nova escala no trajeto do boccia da APCC: desta vez, foi Évora a acolher os nossos desportistas, que participaram na segunda volta do Campeonato Regional de Individuais BC1, BC2, BC4 e BC5, disputado naquela cidade alentejana no passado fim de semana. António Marques, Catarina Branquinho, Diogo Sacramento, Hélia Maia, Nelson Pires, Rui Gomes e Teresa Vendeiro foram os jogadores em competição, que ajudaram a escrever mais uma crónica de sucesso(s).

Numa prova em que quatro atletas passaram ao segundo dia de jogos, tendo Teresa Vendeiro e António Marques terminado em posições de pódio (segundo e terceiro lugares, respetivamente), o conjunto das duas voltas do Campeonato Regional permitiu à Associação arrecadar três medalhas – prata para o António na categoria BC1, ouro para a Teresa e prata para a Catarina Branquinho, ambas na 2ª Divisão de BC2.

Ler mais

Não faltaram motivos para celebrar o amor (e para dançar!) no Baile do Dia dos Namorados na Quinta da Conraria!

Há, todos sabemos, muitos e diferentes tipos de amor. Na APCC, vivemo-los diariamente, mas não é por isso que deixamos de aproveitar a oportunidade que o Dia dos Namorados nos dá para o(s) celebrar de forma especial! Desde logo, porque amamos a música e a alegria e elas nunca faltam nos bailes que, naquela data, animam utentes, formandos, colaboradores e voluntários na Quinta da Conraria! E foi precisamente isso que voltou a acontecer na passada sexta-feira!

O DJ Punk (Fausto Sousa, vocalista dos 5ª Punkada) abriu o baile e não deixou o ritmo quebrar durante toda a tarde, com uma seleção de música popular e romântica que fez com que ninguém ficasse parado! Mas também o grupo da sala do Teatro teve o seu momento de protagonismo, ao apresentar – com a colaboração dos voluntários europeus Alexander Brzuska, o Emanuele Macaggni, a Emma Denis e a Maria Kürbis – uma coreografia que deixou algumas pistas sobre o futuro da já muito famosa boneca Valentina…

Mas h...

Ler mais

Quem quer espreitar os cartões para o Dia dos Namorados feitos pelos utentes da URDP 2?

Hoje é Dia dos Namorados, mas há muito tempo que esta data está no centro das atenções dos utentes da APCC que frequentam a sala URDP2. Pode mesmo dizer-se que o amor – nas suas mais variadas formas – tem andado no ar por aqueles lados! A razão são os cartões do Dia dos Namorados que foram feitos no âmbito das atividades de expressão criativa e multimédia e que, hoje mesmo, encontraram ou vão ainda encontrar o caminho até às mãos dos seus muito especiais destinatários!

E como amar nunca é demais, pedimos à Alexandra Choon, ao Cláudio Gante, ao Helder Borges, ao João Raúl, ao José Manuel, ao Luis Capela, ao Luis Martins, ao Paulo Sérgio, à Raquel Miranda, ao Ricardo Ferreira (que, embora não faça parte da turma, é ‘visita’ frequente), ao Rui Gomes, ao Sérgio Felício, à Susana Cascalheira e ao Vitor Pereira para partilharem connosco as suas criações, que temos agora a honra de mostrar a todos!

Ler mais