fbpx

Música

Ligados às Máquinas atuam e são exemplo de inovação em congresso sobre comunicação em cuidados paliativos

Vai ser no próximo sábado (22 de fevereiro) que os Ligados às Máquinas, a orquestra de samples da APCC, vão marcar presença no 1º Congresso Internacional de Comunicação e Marketing em Cuidados Paliativos, que decorre em Coimbra. Vai ser uma participação em dois planos: primeiro, pelas 14H30, com uma atuação ao vivo para os participantes no evento; depois, a partir das 15H00, através das palavras do professor de música e musicoterapeuta Paulo Jacob, que fará uma intervenção enquanto coordenador do grupo.

Esta será, portanto, uma oportunidade para ficar a conhecer ou para ‘revisitar’ a música dos Ligados às Máquinas – construída através da junção de samples sonoros e cruzando hip-hop, rock, techno, fado, blues, world music, música erudita, música concreta e sons da publicidade ou de séries televisivas – mas também para perceber a importância da atividade deste coletivo nas vidas dos seus elementos, através da sua inclusão no painel de discussão “Inovação e Criatividade em Cuidados Paliativos”.

Ler mais

A Baixa de Coimbra vai bombar com o grupo de bombos da APCC!

Não vai faltar ritmo na Baixa de Coimbra! É já amanhã (11 de dezembro) que os Semp’a Bombar vão levar os sons da música tradicional portuguesa àquela zona histórica da Cidade, no que se perspetiva vir a ser um final de manhã em cheio. A partir das 11H00, o grupo de bombos da APCC não vai deixar os seus créditos por mãos – e macetas – alheias! A animação estará concentrada no Largo do Poço, caso as condições atmosféricas o permitam, ou, em alternativa, na Praça do Comércio.

Preparem-se, portanto, para a energia contagiante dos Semp’a Bombar e dos seus bombos de Silvares e outros instrumentos de percussão… e não só! Poderão escutar a “Cantiga do Bombo” e diversos temas bem conhecidos, do “Menina Estás à Janela” ao “Zumba na Caneca”, do “Vira de Coimbra” ao “Oliveira da Serra” e muitos outros, mas também algumas canções também elas populares, mas com outro tipo de ritmos. Quem sabe até se não se ouvirá um “We Will Rock You” ou um “Despacito”… talvez mesmo uma música de Natal!…

A iniciativa é da...

Ler mais

É uma espécie de presente de Natal antecipado: Ligados às Máquinas ao vivo na Baixa de Coimbra!

A época chama as pessoas à Baixa de Coimbra, com as compras de Natal na ordem do dia e um programas de iniciativas previstas para esta altura específica do ano, mas, na próxima quarta-feira (4 de dezembro), o principal motivo para não dispensar uma ida àquela zona central da Cidade é… musical! É que vai haver concerto dos Ligados às Máquinas, a orquestra de samples da APCC, e, além de tudo, é gratuito!

Vai ser a partir das 11H00, no Largo do Poço, e quem conhece este coletivo já sabe o que esperar: hip-hop, rock, techno, fado, blues, world music, música erudita e música concreta, tudo mesclado e ainda pontuado por sons da publicidade e de séries televisivas, naquilo que pode ser descrito como uma manta de retalhos sonora. Quem ainda não conhece, além de ler a descrição atrás, precisa de saber também que se trata de um espetáculo que tem mesmo de ser escutado ao vivo!

A ini...

Ler mais

Musicoterapeuta da APCC leva experiência dos Ligados às Máquinas a encontro internacional

“O grupo musical como catalisador no processo terapêutico: considerações sobre as suas limitações e potenciais – um estudo de caso”. É este o título da palestra que Paulo Jacob, musicoterapeuta da APCC, fará no XII Encontro Internacional de Musicoterapia (que se realiza no dia 9 de novembro, em Leiria) e que será focada na sua experiência com os Ligados às Máquinas.

O também professor e coordenador do Departamento de Música da APCC partilhará as suas reflexões quanto às possíveis formas como uma experiência eminentemente performativa, como é o caso da vivida naquela orquestra de samples, pode ou não originar intervenções no campo da musicoterapia, em que o trabalho do profissional tem objetivos terapêuticos (facilitar e promover a comunicação, a relação, a aprendizagem, a mobilidade, a expressão e a organização, por exemplo).

Ler mais

Em alegria, a malta da Estudantina veio à APCC e folia foi mesmo coisa que não faltou

Primeiro, anunciou-se que a “Estudantina Passa”, depois deixaram-se conselhos ao Afonso, ainda se cantou sobre uma certa bebida a que chamam traçadinho e até se juntaram muitas dezenas de vozes para elogiar a luz do luar à meia-noite… Estes e outros momentos de belas canções, impressionantes passos de dança e muita alegria marcaram a visita da Estudantina Universitária de Coimbra, ontem, à Quinta da Conraria.

Para os utentes e formandos da APCC foi uma atuação inesquecível: a música tem sempre uma receção entusiástica da sua parte, e quando ela se encontra com as tradições da cidade que todos partilham, de uma forma ou de outra, a alegria é redobrada. Mas também os colaboradores da instituição não resistiram a, pelo menos, acompanhar o ritmo com entusiásticas palmas!

Mas n...

Ler mais