Ensaio concretizado com sucesso: primeiro Open Day do Râguebi Inclusivo encheu a Quinta da Conraria de alegria e espírito desportivo

Os jogadores da equipa de râguebi da APCC – a primeira em Portugal na vertente de ‘mixed ability rugby’ – foram os anfitriões, mas participaram mais de uma centena de pessoas no primeiro Open Day do Râguebi Inclusivo, entre utentes e formandos da instituição, utentes da ARCIL – Associação Para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã e das APPACDM de Montemor-o-Velho e de Vila Nova de Poiares e jogadores e treinadores das equipas da Agrária.

Este dia aberto teve lugar ontem, na Quinta da Conraria, com o empenho e o divertimento em níveis máximos! Através de diversos exercícios de treino e mini-jogos, muitos participantes experimentaram a modalidade pela primeira vez, aprendendo alguns dos princípios técnicos fundamentais do jogo e, sobretudo, encontrando um ambiente seguro para se expressarem atleticamente.

Todos puderam ainda ficar a conhecer ou aprender mais sobre o ‘mixed ability rugby’, uma vertente em que pessoas com deficiência – indistintamente de qual ela possa ser – partilham o campo com outras sem deficiência, numa perspetiva de inclusão que se aplica também à idade, género ou experiência.

Esta iniciativa decorreu integrada no projeto da APCC de contribuir para a criação de um movimento verdadeiramente inclusivo, inspirado em alguns dos valores habitualmente associados ao râguebi, como o companheirismo ou a abnegação. O objetivo é encorajar e apoiar o aparecimento de equipas em outras instituições, bem como encontrar parceiros estratégicos no seio da modalidade.

Neste sentido, o Open Day do Râguebi Inclusivo serviu também para o anúncio público da parceria com o Comité Regional de Rugby do Centro – que apoiou a organização desta iniciativa e tem vindo a fazer o mesmo com o râguebi da APCC – no sentido de concretizar aquele propósito. A esperança numa colaboração frutuosa foi, de resto, expressada de forma clara por Fernando Filipe de Oliveira, presidente da Associação, e Alcino Silva, presidente do Comité.

O projeto de ‘mixed ability rugby’ da APCC foi apresentado publicamente em abril deste ano. A equipa da Associação é atualmente constituída exclusivamente por pessoas com deficiência, mas abrirá futuramente as suas portas à participação de outras pessoas. A coordenação está a cargo de João Costa, fisioterapeuta na instituição, ex-jogador e atual árbitro.

O râguebi é uma das várias modalidades desportivas desenvolvidas na APCC – instituição pioneira a nível nacional no desporto para pessoas com deficiência – juntamente com o boccia, a natação ou a tricicleta, entre outras. Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=38.