Com uma ajuda dos utentes da APCC, pode ser fácil encontrar o caminho para casa…

O ano letivo está quase a ser retomado e, na APCC, há motivos redobrados para estarmos entusiasmados com esse facto: vamos poder continuar o projeto “Caminho para Casa” que, desde o final de 2018, um grupo de utentes da Unidade de Reabilitação de Deficientes Profundos (URDP) tem estado a desenvolver com as crianças do Jardim de Infância do Areeiro.

Este projeto é uma síntese de vários exercícios, praticados ao longo de dois anos nas aulas de Expressão Corporal da sala 2 da URDP, sob a orientação da professora Mariana Nunes. Desta forma, e entendendo ‘casa’ como uma metáfora para corpo, os participantes podem passear pela rua dos desafios, virar à esquerda na rua da diversidade, atravessar a estrada do desconhecido, subir a calçada da diversão, passear à beira do rio de si próprios, seguir em frente na rua da partilha e finalmente chegar ao destino.

O percurso é feito recorrendo a símbolos relacionados com o universo afetivo – coração, balão, rua, amigo, chave, casa – e permite que as crianças e os jovens adultos envolvidos olhem para o corpo nas diversas formas, cores, feitios em que se nos apresenta, na forma como nos obedece e desobedece, mas também enquanto guardador de histórias e abrigo para todos os que gostamos.

O projeto “Caminho para Casa” é dirigido ao público pré-escolar e irá chegar a outros jardins de infância ao longo do ano que agora se inicia. Os seus objetivos são promover a inclusão, valorizar a diversidade, privilegiar a educação artística e explorar o corpo como ferramenta de expressão.

As aulas de Expressão Corporal na URDP – uma resposta social da APCC que pretende promover a qualidade de vida de pessoas com maior grau de dependência e incapacidade e suas famílias – permitem aos utentes descobrir novas possibilidades e limites, comunicando de forma física, mas também criativa e artística. A intervenção pela arte é, de resto, parte importante da atividade da Associação, em áreas como a expressão plástica, a expressão musical e a expressão dramática. Pode saber mais na página do Centro de Atividades Ocupacionais.