Projeto que pretende trazer inovação ao trabalho com famílias multidesafiadas teve última conferência em Coimbra

A APCC recebeu na Quinta da Conraria, no final da semana passada, a Conferência Final do Projeto LIFE, uma iniciativa internacional que procura desenvolver intervenções mais eficazes no trabalho com famílias em situações complexas e de múltiplas dificuldades. Os objetivos principais foram encerrar institucionalmente o projeto junto das entidades que foram partes interessadas (stakeholders) e divulgar os resultados obtidos, refletindo sobre a sua incorporação nas organizações.

O evento foi aberto por Fernando Filipe de Oliveira, presidente da Direção da APCC, e contou com palestras de Graça Gonçalves e Élia Costa (respetivamente, coordenadora do LIFE e assistente social na APCC), Jorge Ferreira e Maria João Pena (docentes do ISCTE-IUL) e Sónia Guadalupe (docente no Instituto Superior Miguel Torga). Houve ainda espaço para uma dinâmica no formato ‘world café’, dedicada ao tema “Aprender a Inovar com as Famílias”, e para a apresentação de conclusões.

Ao longo de uma manhã de trabalho, fez-se o balanço do trabalho realizado no âmbito deste projeto (as competências identificadas, as micro-inovações introduzidas e os resultados que se poderão utilizar no serviço social), mas também se falou dos obstáculos à inovação e de potenciais soluções de compromisso, ou da importância de uma postura crítico-reflexiva da parte dos técnicos.

O Projeto LIFE procura cruzar teoria, investigação e conhecimento, promovendo a reflexibilidade conjunta de quem investiga e de quem opera na prática. Neste âmbito, foram parceiros a APCC, o Centro de I&D do Município de Linköping (Suécia), a NTNU – Universidade de Ciência e Tecnologia de Trondheim (Noruega), a Universidade de Liubliana (Eslovénia) e o Município de Cervia (Itália), tendo atuado como ‘stakeholders’ o ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra e o Instituto Superior Miguel Torga.

Iniciado em setembro de 2016 e com fim previsto para agosto deste ano, este projeto atua ao nível da atualização dos conhecimentos e da qualificação numa perspetiva de inovação, pretendendo substituir os modelos tradicionais de intervenção por novas práticas, capazes de dar respostas mais eficientes às famílias em situações complexas e de múltiplas dificuldades, aumentando a sua inclusão social. O objetivo é que uma intervenção diferenciada dos profissionais possa resultar numa mudança real nas estruturas familiares e nos serviços prestados.

O Projeto LIFE- Learning to Innovate with Families é um dos vários projetos da APCC cofinanciados pelo programa Erasmus + e geridos pelo Gabinete de Projetos da instituição, como é o caso do TRUST ou do MAGISTER, entre outros. Pode saber mais em www.apc-coimbra.org.pt/?cat=8.