Instituição

“Give Us a Break”: APCC lança campanha para contrariar estereótipos

O que faz um super-herói? Que qualidades inigualáveis deve ter? Como podemos reconhecê-lo no meio de uma multidão? E podemos convocar a sua presença sempre que pretendermos? Exigir-lhe provas sucessivas da sua heroicidade? Afinal de contas, quem quer mesmo ser super-herói se nunca se candidatou a esse papel?

A APCC é, em parceria com a organização húngara EgyüttHató Egyesület, a promotora do projeto “Here We Are”, que pretende dar visibilidade às pessoas com deficiência, aos seus desejos e necessidades, dentro das comunidades em que se inserem. Com este objetivo, colaborou com a produtora CASOTA Collective na criação de “Give Us a Break”, um vídeo promocional que procura suscitar a discussão sobre aquelas questões.

Ler mais

“Pessoas com Deficiência São Importantes para as Empresas”: APCC colaborou em guia para a empregabilidade

No âmbito das atividades da RSO PT – Rede Nacional de Responsabilidade Social das Organizações, de que a APCC é membro fundador, é agora dado a conhecer o documento “Pessoas com Deficiência São Importantes para as Empresas”, cujo objetivo é informar, divulgar e sensibilizar para as vantagens da integração e da contratação de pessoas com deficiência.

Dirigido a todas as empresas, independentemente do setor de atividade e da sua dimensão, este guia contém um conjunto de linhas orientadoras sobre a empregabilidade daqueles cidadãos em Portugal, elencando as vantagens na contratação de pessoas com deficiência, o enquadramento legal e os apoios existentes e as organizações que apoiam esta integração. São ainda apresentados testemunhos de boas práticas, tanto da parte de trabalhadores, como de empregadores.

“Pess...

Ler mais

Running Wonders Coimbra: apoie a APCC, inscrevendo-se para a Caminhada

Participe na Caminhada Solidária da EDP Running Wonders Coimbra – Corrida do Conhecimento, que terá lugar no dia 21 de outubro, e ajude a APCC! Junte-se a nós, inscrevendo-se e adquirindo os vouchers de participação na secretaria do Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral (no Vale das Flores) ou na secretaria da Quinta da Conraria (Castelo Viegas), entre as 09H00-12H30 e as 14H00-17H30, de segunda a sexta.

Parte da receita reverterá para a Associação, apoiando assim o nosso trabalho quotidiano com mais de três mil utentes e suas famílias, na promoção da inclusão social de pessoas em situação de desvantagem, com especial incidência nas que têm deficiência e/ou incapacidade, através de valências como reabilitação, hipoterapia, musicoterapia, hidroterapia, atividades ocupacionais, unidades residenciais, formação profissional, qualificação e ensino profissional, desporto, quinta pedagógica, ludoteca, transportes, entre outras.

Ler mais

Menos desculpas, mais respeito: campanha de sensibilização sobre mobilidade

Em Portugal a maioria dos restaurantes diz ter acesso para pessoas com mobilidade reduzida. Mas têm mesmo? A Associação Salvador, em parceria com a APCC e outras duas associações nacionais (APPC Faro e Mithós – Histórias Exemplares, Associação de Apoio à Multideficiência), lançou uma ação de sensibilização sobre mobilidade.

“A Reserva – Menos Desculpas, Mais Respeito” é o vídeo de lançamento, sendo esta uma das iniciativas do “Portugal Mais Acessível”, o projeto vencedor do Prémio Solidário 25 anos SIC, criado pela SIC Esperança. Tem como objetivo dinamizar várias ações ao longo deste ano, com o intuito de sensibilizar a sociedade para os obstáculos que milhares de pessoas enfrentam para se movimentarem diariamente.

A campanha surge ...

Ler mais

Convocatória para a Assembleia Geral Extraordinária de 17 de agosto

De acordo com o artigo 27º, número 3, dos Estatutos da APCC, é convocada uma Assembleia Geral Extraordinária para o próximo dia 17 de agosto de 2018, pelas 16H30, na Rua Garcia de Orta – Vale das Flores. Abaixo podem ser consultadas a convocatória e a ordem de trabalhos, que inclui a análise, discussão e aprovação de proposta efetuada por instituição de crédito para antecipação de valores de reembolso a receber de entidades públicas.

Se à hora marcada não comparecer o mínimo de sócios suficientes, a Assembleia funcionará 30 minutos mais tarde, com qualquer número de sócios.

Assem...

Ler mais