Almoços Interculturais: é quase impossível dizer o nome dos pratos que provámos, mas adorámos a cozinha da Áustria

É preciso reconhecer: se os colaboradores e utentes da APCC tivessem precisado de dizer os nomes dos pratos apresentados nas ementas de ontem (na Quinta da Conraria) e anteontem (no Centro de Reabilitação) para serem servidos, ninguém teria almoçado… Isto porque os Almoços Interculturais do Serviço Voluntário Europeu foram desta vez dedicados à Áustria, cortesia da Anna Vukadin.

Todos puderam provar um delicioso caldo de legumes com bolinha de sêmola (incluindo os que foram incapazes de pronunciar grießnockerlsuppe) e um saboroso folhado de batata e abóbora como molho de iogurte e carne assada (mesmo os que não conseguiram dizer erdäpfel-kürbisstrudel mit joghurt dip und tafelspitz) e terminar a refeição com uma deliciosa maçã cozida com canela (e até houve quem tivesse dito corretamente apfelkomp).

E depois de já termos também ‘viajado’ pela Itália (com a Federica Usai e a Maria Cristina Marcosano) e pela Alemanha (com a Anthea Bıçakçıoglu, que ainda nos levou numa pequena incursão pela Turquia), só falta mesmo mostrar às nossas voluntárias europeias um pouco da gastronomia portuguesa. Vai ser esta semana, mas não vamos revelar já o que as espera…

Os Almoços Interculturais são uma iniciativa do Gabinete de Voluntariado da APCC, integrada no projeto SVE 2017-2-PT02-KA105-004343, Erasmus + Juventude em Ação. É no âmbito deste programa europeu que a APCC desenvolve o projeto “Holding Hands With Other Abilities”, que trouxe já até à instituição cerca de quatro dezenas de voluntários entre os 17 e os 30 anos.

Podem saber mais sobre todas as possibilidades de voluntariado, nacional e internacional, na APCC em www.apc-coimbra.org.pt/?page_id=722.