Centro de Reabilitação

Bolinhos e bolinhós / Para mim e para vós / Houve muita animação / No Centro de Reabilitação

As dos gabinetes médicos, a da cozinha, a do serviço de contabilidade, a da secretaria geral, a do voluntariado, a da lavandaria, a do gabinete da presidência… Não houve porta do Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral que não se abrisse para as crianças da Escola Básica e do Jardim de Infância da APCC, revelando tantos e tantos sorrisos – e bolachas, chocolates, gomas e outras coisas que sabem tão bem e nestes dias até se perdoam.

É que ontem foi dia de Bolinhos e Bolinhós (misturado com uns pozinhos de Halloween e Dia das Bruxas, como começa a ser cada vez mais habitual) e a cantiga tradicional foi senha para deixar entrar bruxas, vampiros e demais trupe assustadora. Logo às primeiras palavras – “Bolinhos e bolinhos, para mim e para vós” – os colaboradores da Associação percebiam o que vinha lá: muito entusiasmo e alegria e nem estamos a falar só das crianças!

Na ve...

Ler mais

Ontem foi dia de festa no Choupal, mas as crianças da Escola e do Jardim de Infância ainda estão a meio das Atividades de Verão!

Ontem, houve festa no Choupal! Fez-se a caminhada, aproveitando essa oportunidade magnífica que é estar em contacto próximo com a natureza, parou-se um pouco para dançar, cantar e conviver e transformou-se o almoço num piquenique cheio de animação! Os protagonistas destes momentos foram as crianças do Jardim de Infância e da Escola Básica da APCC, mas também os técnicos e os voluntários da Associação, que nunca deixam a alegria e o carinho por mãos alheias!

Mas esta até foi apenas uma das muitas Atividades Extracurriculares de Verão que fazem parte do programa deste final de ano letivo e que são a ‘resposta’ da APCC a vários meses de muito trabalho e aprendizagens, antes da chegada das férias. São quatro semanas – que começaram ainda no final do mês passado e se irão prolongar até 19 de julho – cheias de oportunidades para brincar e aproveitar o tempo livre na companhia dos melhores amigos.

Ler mais

As Férias Divertidas foram tudo o que o seu nome prometia e muito mais!

Chama-se Férias Divertidas porque, de facto, não faltam motivos para que os mais pequenos se divirtam. Mas também podia chamar-se Férias Sorridentes, porque não há uma única cara para a qual se olhe que não mostre um sorriso aberto. Dificilmente poderia era chamar-se Férias Dorminhocas, porque ninguém quer dormir quando está assim tão feliz. E, para os colaboradores da APCC, poderiam ser umas Férias Sem Cansaço, porque não há fadiga que dure ao ouvir mais um pedido de «Vamos!»

O programa Férias Divertidas da APCC – que, entre os dias 4 e 7 de julho, voltou a levar um grupo de crianças que frequentam a resposta social da Reabilitação até ao Naturwaterpark, em Vila Real – é tudo aquilo que atrás escrevemos e muito mais. É também Férias Vividas, porque permitir viver experiências novas, e Férias Partilhadas, porque são feitas partilhando a companhia dos melhores amigos.

Ler mais

Exposição “Diamonds and Rust” já foi inaugurada e pode ser visitada durante um mês

“Diamonds and Rust” são quatro dezenas de pinturas, da autoria dos utentes da Sala O2 do Centro de Atividades Ocupacionais da APCC, que estarão patentes no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral de Coimbra (Vale das Flores) durante cerca de um mês. Criadas com recurso às técnicas da colagem, relevos, folha de cobre, pintura, ferrugem e stencil, estas obras poderão ser vistas – e adquiridas – de segunda a sexta, das 08H00 às 18H00.

A inauguração teve lugar na passada sexta-feira, perante colaboradores da Associação e os primeiros visitantes, com a presença de Fernando Filipe de Oliveira, presidente da Direção, e António Valente, professor de artes plásticas e responsável pelo projeto SOCRIN – SOCIALMENTE, CRIATIVO e INCLUSIVO, em que esta iniciativa se insere e que procura contribuir para a visibilidade social deste grupo de pessoas.

Ler mais

Exposição “Diamonds and Rust” é inaugurada a 21 de junho, no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral

“Diamonds and Rust” é o nome da nova exposição dos utentes da Sala O2 da APCC, que vai ser inaugurada no dia 21 de junho, pelas 11H00, no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral de Coimbra (Vale das Flores). São cerca de quatro dezenas de pinturas, da autoria das pessoas que frequentam aquela resposta do Centro de Atividades Ocupacionais da instituição, criadas com recurso às técnicas da colagem, relevos, folha de cobre, pintura, ferrugem e stencil.

Trata-se de uma iniciativa que, ‘roubando’ o nome a uma canção de Joan Baez, tenta suscitar em cada visitante uma interpelação de ideias pré-concebidas em torno dos conceitos de beleza e fealdade. Estendendo a metáfora para o processo criativo que originou este conjunto de trabalhos, procura-se mostrar como uma realidade mais áspera e suja (a ‘ferrugem’ do título) pode levar ao brilho e à luz (os ‘diamantes’ que são cada um dos utentes envolvidos e as suas obras).

Ler mais