fbpx

Projetos

Veja o catálogo da coleção “Cru – O Corpo (im)Perfeito”: cerca de 200 desenhos e pinturas, já à venda

“Cru – O Corpo (im)Perfeito” é uma coleção de mais de 200 desenhos e pinturas, em que se juntam e se cruzam olhares sobre o (paradigma do) corpo perfeito, ao mesmo tempo que é colocada em causa a ‘normalidade’ dos modelos corporais: os dos que com ela se confrontam, mas, antes disso, os dos seus próprios autores. É uma provocação e um convite: (des)construir a ideia de Belo e permitir que estas criações atuem emocionalmente sobre cada um, como qualquer outro produto artístico, e o transforme.

Fora do ateliê do Departamento de Expressão Plástica da APCC, onde foram concebidas, as obras que constituem “Cru – O Corpo (im)Perfeito” encontraram o seu espaço numa exposição itinerante, que começou no Porto, no final do ano passado, e seguirá ainda este mês para Lisboa, cumprindo até julho um trajeto por outras cidades portuguesas. Mas ainda antes disso, são mostradas também em catálogo e disponibilizadas para venda.

Ler mais

Fotografias de ateliê do projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito” foram expostas no Conservatório de Coimbra

E no princípio eram as pinturas – mais de 300, cerca de uma centena das quais atualmente expostas no Porto. Mas o projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito” foi também, além do caminho que levou aos seus produtos artísticos, um ateliê (“O corpo, os outros e nós mesmos”) em que utentes do Departamento de Expressão Plástica da APCC partilharam o palco com o grupo Era Uma Vez… Teatro, da Associação do Porto de Paralisia Cerebral, e a sua diretora artística, Mónica Cunha.

O que aconteceu nesse dia de novembro deste ano – os exercícios em torno do(s) corpo(s) enquanto elemento gerador de novos sentidos, o questionar do conceito de arte, a reflexão sobre a importância de comunicar com o outro – foi cristalizado em fotografias, instantâneos que são o testemunho sobrevivente daquele encontro, tal como as memórias que o mesmo deixou nos participantes, ‘falando’ com a eloquência particular do que não precisa ser verbalizado para ser intuído, para ser sentido.

Ontem...

Ler mais

Grande projeto europeu de marketing para a inclusão social arrancou em Coimbra

O projeto europeu “SIM – Social Inclusion Marketing” arrancou esta semana em Coimbra, com uma reunião que juntou cerca de dezena e meia de participantes. Presentes estiveram representantes dos diversos parceiros envolvidos – APCC (Portugal), NARHU – Associação Nacional de Trabalhadores com Pessoas com Deficiência (Bulgária), Universidade de Valência (Espanha) e Universidade de Lugano (Suíça) – mas também do IPAM – Instituto Português de Administração de Marketing, que atuará como uma das entidades cooperantes, e da Agência Nacional Erasmus+.

Este encontro, que decorreu ontem e hoje no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral, serviu para fazer o enquadramento concreto do projeto, abordando os seus objetivos, conteúdos programáticos, atividades e resultados previstos, bem como para elaborar uma primeira versão de calendário. A partir deste momento, estão reunidas as condições para o arranque efetivo deste projeto, que foi recentemente o melhor classificado na área de Educação de Adultos no ranking de seleção da Ação-Chave Parcerias Estratégicas do Erasmus+.

O “SIM – Social I...

Ler mais

Abre no Porto a exposição “Cru – O Corpo (im)Perfeito”, do Departamento de Expressão Plástica

A exposição “Cru – O Corpo (im)Perfeito”, onde estão reunidos mais de cem desenhos e pinturas criados pelos utentes do Departamento de Expressão Plástica da APCC no âmbito do projeto com o mesmo nome, vai estar patente a partir do dia 2 de dezembro, no espaço Arbeat, na baixa do Porto. Será a primeira escala de uma ‘viagem’ que levará este conjunto de obras pelo País, com paragens já confirmadas em Lisboa e Coimbra.

Patente estará o resultado final de um processo que começou com uma sugestão aparentemente simples – Desenhar o corpo, os corpos – e que, aos primeiros traços, se foi transformando numa provocação, com o objetivo de (des)construir a ideia de Belo. Assim, as criações foram surgindo com o propósito de oferecer ao público algo com que raramente, se alguma vez, ele se confrontou: o olhar da pessoa com deficiência sobre os outros corpos e sobre o seu próprio.

Ler mais

Projeto “Change 2 Regard” ajuda a formar em modelo que promove novos hábitos de vida para pessoas com deficiência

Faz parte das ações previstas no âmbito do projeto europeu “Change 2 Regard” – proporcionar aos profissionais das organizações envolvidas formação especializada em recursos e práticas inovadoras para a criação musical – e foi essa a razão por que um grupo de colaboradores da APCC esteve, na passada semana, no Quebeque (Canadá), juntamente com mais cerca de duas dezenas de técnicos belgas e franceses.

O objetivo foi formar e certificar os participantes no Modèle de Développement Humain – Processus de Production du Handicap (MDH-PPH), um modelo conceptual dirigido às pessoas com deficiência, focado em permitir outros hábitos de vida a partir da capacitação ou compensação de deficiências através de dispositivos de reabilitação e assistência, mas também da redução de barreiras no ambiente. A formação esteve a cargo do RIPPH – Réseau International sur le Processus de Production du Handicap, organização de referência no desenvolvimento daquele modelo.

Assim, os p...

Ler mais