Houve uma estreia na Festa de Natal do Centro de Reabilitação e um repetente de barbas brancas que é sempre bem recebido

Em boa verdade, apesar das surpresas, já todos sabem o que esperar das festas de Natal do Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral: largos sorrisos, imensos abraços, afinadas vozes e contagiantes gritos de alegria para chamar o Pai Natal. É por isso que as crianças da Escola Básica, do Jardim de Infância e do semi-internato da APCC, mas também os seus pais e encarregados de educação, além das professoras e auxiliares, já não dispensam este momento de convívio e alegria.

E foi assim que, na passada sexta-feira (15 de dezembro), e depois assistirem a um magnífico espetáculo pelo Teatrão, ‘invadiram’ o Centro para fazer a festa com os colaboradores da Associação. Talvez o ponto alto tenha sido a estreia de uma canção original, escrita pelo professor de música Paulo Jacob, que as nossas crianças cantaram com mestria… ou talvez tenha sido a chegada do Pai Natal e a distribuição de presentes (é difícil competir com momento tão especial)!…

Mas o que conta de verdade é que todos se divertiram e puderam celebrar a quadra natalícia dentro do espírito familiar que une a comunidade da APCC. Um espírito que se manifesta ao longo do ano – entre utentes, colaboradores, voluntários, dirigentes e famílias – e que só por isso mesmo é tão especial.

E amanhã, celebraremos de novo esta união, desta vez na Festa de Natal da Quinta da Conraria. Será pelas 14H00, no Salão da Paróquia de São José.

A Escola Básica de 1º Ciclo (que integra a equipa de semi-internato) e o Jardim de Infância da APCC integram as respostas sociais da instituição na área da educação. Na primeira, são elaborados programas educativos individuais tendo em consideração as potencialidades e necessidades educativas de cada um, enquanto que a segunda tem como objetivo desenvolver a autonomia, a cognição, a linguagem, a motricidade e a socialização.