Jardim de Infância

Houve uma estreia na Festa de Natal do Centro de Reabilitação e um repetente de barbas brancas que é sempre bem recebido

Em boa verdade, apesar das surpresas, já todos sabem o que esperar das festas de Natal do Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral: largos sorrisos, imensos abraços, afinadas vozes e contagiantes gritos de alegria para chamar o Pai Natal. É por isso que as crianças da Escola Básica, do Jardim de Infância e do semi-internato da APCC, mas também os seus pais e encarregados de educação, além das professoras e auxiliares, já não dispensam este momento de convívio e alegria.

E foi assim que, na passada sexta-feira (15 de dezembro), e depois assistirem a um magnífico espetáculo pelo Teatrão, ‘invadiram’ o Centro para fazer a festa com os colaboradores da Associação. Talvez o ponto alto tenha sido a estreia de uma canção original, escrita pelo professor de música Paulo Jacob, que as nossas crianças cantaram com mestria… ou talvez tenha sido a chegada do Pai Natal e a distribuição de presentes (é difícil competir com momento tão especial)!…

Mas o que c...

Ler mais

O sapato da Gata Borralheira não foi a única coisa mágica que se viu na Festa de Natal do Centro de Reabilitação

161219_apcc_festanatalcrpc_thumbQuando o dia 25 de dezembro fica assim tão próximo, as crianças da Escola Básica, do Jardim de Infância e do semi-internato da APCC, bem como os seus pais, encarregados de educação e outros familiares, começam logo a pensar na Festa de Natal. Foram, por isso, enormes doses de alegria e magia que se viram no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral na passada sexta-feira.

A história da Gata Borralheira foi o tema de uma peça de teatro que deslumbrou todos e juntou em palco as crianças e colaboradores da Associação. E, para quem não viu, podemos garantir que se descobriram grandes talentos da representação, da dança e da música! E, no final, houve uma visita que, não sendo das mais inesperadas, é sempre das mais bem recebidas: o Pai Natal.

Ler mais

Tantos sorrisos só podem querer dizer que o “Desfile de Ternuras” foi um enorme sucesso

161121_apcc_desfileternuras_thumbNa plateia estavam familiares, colaboradores, utentes e voluntários e a sua presença tinha um motivo muito forte e especial. Todos foram assistir ao “Desfile de Ternuras” e apoiar e aplaudir as cerca de vinte crianças ligadas à APCC que foram as estrelas da passerelle. E que bem que elas desfilaram, levando muito a sério o seu papel, mas ainda mostrando uma enorme alegria por estarem a viver um dia diferente.

Assim se provou que a moda também pode ser inclusiva: os meninos e meninas da APCC, que frequentam o Jardim de Infância e a Escola Básica ou são seguidas em ambulatório, faziam parte de um grupo mais alargado de cerca de 40 crianças. Todos juntos – a pé, sobre rodas, pela mão ou ao colo, mas sempre apoiando-se mutuamente – concretizaram o desafio lançado pela loja Planeta das Ternuras.

Ler mais

Crianças da APCC vão ser modelos por uma tarde

161115_apcc_desfileternuras_thumbA Mafalda e a Beatriz. O Alexandre e o Tiago. A Ana e o Rodrigo. O André e a Joana. Estas e várias outras crianças ligadas à APCC – no total, cerca de vinte – vão ser modelos por uma tarde, quando participarem num desfile de moda promovido pela Planeta das Ternuras, no próximo sábado, 19 de novembro.

O “Desfile de Ternuras” vai decorrer a partir das 15H00, na Quinta das Lágrimas, e servirá de apresentação da coleção outono/inverno 2016 da MDD, uma marca 100% portuguesa de moda para criança. E, embora todos venham certamente a estar muito curiosos em relação aos jeans, às camisolas e aos gorros, nós sabemos em quem vamos focar a nossa atenção!

Os ternuren...

Ler mais

Houve um “Dragão Brincalhão” a brincar com as crianças do Jardim de Infância

As férias estão quase aí, mas nem por isso o ritmo do Jardim de Infância da APCC abranda! O programa das atividades tem sido variado e só não se pode dizer que também tem sido cansativo porque a diversão tem dado muita energia a miúdos e graúdos! Na passada terça-feira (12 de julho), por exemplo, foi a Ludoteca “O Dragão Brincalhão” que saiu para o exterior e animou a manhã.

Os adultos tentaram responder às adivinhas, as crianças divertiram-se com o circuito e os balões e todos se deixaram levar pelas bolinhas de sabão coloridas. E foi assim que o número de sorrisos por metro quadrado no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral pode muito bem ter batido o recorde mundial!

Ler mais