Notícias

São mais de 200 obras e já estão à venda: novo catálogo de expressão plástica da APCC

São mais de 200 obras, etapa derradeira de um caminho que começa sempre com um espaço em branco, onde podem ainda caber todos os sonhos, todas ambições e todos os desejos. Das escolhas que então se fazem – Qual a forma? Qual a cor?… – se pode dizer que representam crescimento, aprendizagem, evolução. Ou, simplesmente, amor. E é assim que é vivido o quotidiano dos utentes do Departamento de Expressão Plástica da APCC.

São mais de 200 obras que são, agora, colocadas à venda e se expõem à consideração de qualquer um sobre os seus méritos e deméritos. São testemunhos de visões, desejos e formas de fazer individuais (e, por isso, todas surgem assinadas pelo utente que a criou), reflexos de quem encontrou no espaço de uma tela ou uma folha de papel uma forma de expressão, uma maneira de dizer.

São m...

Ler mais

É uma espécie de presente de Natal antecipado: Ligados às Máquinas ao vivo na Baixa de Coimbra!

A época chama as pessoas à Baixa de Coimbra, com as compras de Natal na ordem do dia e um programas de iniciativas previstas para esta altura específica do ano, mas, na próxima quarta-feira (4 de dezembro), o principal motivo para não dispensar uma ida àquela zona central da Cidade é… musical! É que vai haver concerto dos Ligados às Máquinas, a orquestra de samples da APCC, e, além de tudo, é gratuito!

Vai ser a partir das 11H00, no Largo do Poço, e quem conhece este coletivo já sabe o que esperar: hip-hop, rock, techno, fado, blues, world music, música erudita e música concreta, tudo mesclado e ainda pontuado por sons da publicidade e de séries televisivas, naquilo que pode ser descrito como uma manta de retalhos sonora. Quem ainda não conhece, além de ler a descrição atrás, precisa de saber também que se trata de um espetáculo que tem mesmo de ser escutado ao vivo!

A ini...

Ler mais

APCCCultura foi desta vez ao teatro no Porto, mas foi como estar em casa

Desta feita, o programa APCCCultura – que proporciona um maior envolvimento e conhecimento dos mundos da arte e da cultura, mas também do lazer – ficou quase em família… Porque se os utentes da APCC ocuparam o seu lugar no público, em cima do palco estavam os elementos do grupo Era Uma Vez… Teatro, na estreia da peça “Feitas de Ferro, Desenhadas a Carvão”, que teve lugar no passado sábado, no Porto.

As ligações entre a APCC e aquele coletivo teatral, da Associação do Porto de Paralisia Cerebral, são fortes e marcadas por afinidades pessoais e artísticas praticamente impossíveis de explicar por escrito. Já partilharam conhecimentos e visões, já aprenderam em conjunto, já foram parceiros criativos, já estiveram juntos em cena. Ainda recentemente, no âmbito do projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito”, se encontraram no ateliê “O corpo, os outros e nós mesmos”.

O papel ass...

Ler mais

Boas indicações para o boccia da APCC na primeira prova de elite da época 2019/2020

António Marques, Catarina Branquinho, Diogo Sacramento, Hélia Maia, Nelson Pires, Rui Gomes e Teresa Vendeiro. Foram estes os atletas da APCC que competiram na primeira prova de boccia de elite da presente época desportiva, a primeira volta do Campeonato Regional de Individuais BC1, BC2, BC4 e BC5, que teve lugar no passado fim de semana, em Tondela. E foi um belo arranque, com muitos resultados prometedores e todos os jogadores a terem bons momentos.

Os principais destaques foram os desempenhos do António (que, na classe BC1, fez jus ao seu estatuto de campeão nacional e chegou à final, acabando no segundo lugar), do Diogo Sacramento (terceiro em BC4), da Catarina e da Teresa (respetivamente, primeira e terceira na 2ª divisão da classe BC2). De realçar ainda a prestação da Hélia na 1ª divisão de BC2, depois da subida conquistada em 2018/2019, marcada pela grande luta que deu aos adversários.

Ler mais

Abre no Porto a exposição “Cru – O Corpo (im)Perfeito”, do Departamento de Expressão Plástica

A exposição “Cru – O Corpo (im)Perfeito”, onde estão reunidos mais de cem desenhos e pinturas criados pelos utentes do Departamento de Expressão Plástica da APCC no âmbito do projeto com o mesmo nome, vai estar patente a partir do dia 2 de dezembro, no espaço Arbeat, na baixa do Porto. Será a primeira escala de uma ‘viagem’ que levará este conjunto de obras pelo País, com paragens já confirmadas em Lisboa e Coimbra.

Patente estará o resultado final de um processo que começou com uma sugestão aparentemente simples – Desenhar o corpo, os corpos – e que, aos primeiros traços, se foi transformando numa provocação, com o objetivo de (des)construir a ideia de Belo. Assim, as criações foram surgindo com o propósito de oferecer ao público algo com que raramente, se alguma vez, ele se confrontou: o olhar da pessoa com deficiência sobre os outros corpos e sobre o seu próprio.

Ler mais