Notícias

Sandra Semedo regressou da Taça Internacional de Tricicleta com (mais) três medalhas de ouro!

Já chegou a Portugal e trouxe a bagagem mais pesada do que quando partiu: Sandra Semedo terminou a sua participação na Taça Internacional de Tricicleta, que se disputou na Dinamarca, com um total de três medalhas de ouro conquistadas! No primeiro dia, a atleta da APCC chegou ao primeiro lugar do pódio nos 800 metros da classe RR2, na segunda jornada, repetiu a proeza nos 400 metros e, para fechar a sua participação com chave de ouro, foi também a mais rápida nos 5000 metros, no último dia de provas.

Sandra confirmou assim de forma fulgurante o seu lugar entre as melhores praticantes de tricicleta a nível mundial, e enriqueceu ainda mais o seu invejável currículo! Aos 31 anos, tem agora oito medalhas (seis de ouro e duas de prata) conquistadas em três edições da Taça Internacional – a maior competição a nível mundial dedicada exclusivamente à tricicleta – num conjunto de doze medalhas obtidas em provas continentais e intercontinentais com as cores portuguesas.

Ler mais

Ontem foi dia de festa no Choupal, mas as crianças da Escola e do Jardim de Infância ainda estão a meio das Atividades de Verão!

Ontem, houve festa no Choupal! Fez-se a caminhada, aproveitando essa oportunidade magnífica que é estar em contacto próximo com a natureza, parou-se um pouco para dançar, cantar e conviver e transformou-se o almoço num piquenique cheio de animação! Os protagonistas destes momentos foram as crianças do Jardim de Infância e da Escola Básica da APCC, mas também os técnicos e os voluntários da Associação, que nunca deixam a alegria e o carinho por mãos alheias!

Mas esta até foi apenas uma das muitas Atividades Extracurriculares de Verão que fazem parte do programa deste final de ano letivo e que são a ‘resposta’ da APCC a vários meses de muito trabalho e aprendizagens, antes da chegada das férias. São quatro semanas – que começaram ainda no final do mês passado e se irão prolongar até 19 de julho – cheias de oportunidades para brincar e aproveitar o tempo livre na companhia dos melhores amigos.

Ler mais

As Férias Divertidas foram tudo o que o seu nome prometia e muito mais!

Chama-se Férias Divertidas porque, de facto, não faltam motivos para que os mais pequenos se divirtam. Mas também podia chamar-se Férias Sorridentes, porque não há uma única cara para a qual se olhe que não mostre um sorriso aberto. Dificilmente poderia era chamar-se Férias Dorminhocas, porque ninguém quer dormir quando está assim tão feliz. E, para os colaboradores da APCC, poderiam ser umas Férias Sem Cansaço, porque não há fadiga que dure ao ouvir mais um pedido de «Vamos!»

O programa Férias Divertidas da APCC – que, entre os dias 4 e 7 de julho, voltou a levar um grupo de crianças que frequentam a resposta social da Reabilitação até ao Naturwaterpark, em Vila Real – é tudo aquilo que atrás escrevemos e muito mais. É também Férias Vividas, porque permitir viver experiências novas, e Férias Partilhadas, porque são feitas partilhando a companhia dos melhores amigos.

Ler mais

Há cada vez mais utentes da APCC a saber dropar as ondas do Atlântico

A primeira vez foi em 2017, quando um convite da Associação de Surf da Figueira da Foz permitiu a um grupo de utentes da APCC subir para uma prancha e sentir as emoções de surfar uma onda em pleno mal. No ano passado, o convite repetiu-se e aumentou o número de utentes que passaram a poder dizer que tinham sido Garrett McNamaras por um dia. E na passada sexta-feira, esse número cresceu ainda mais!

Reiterado de novo o desafio, lá foi uma outra vez uma comitiva da Associação até à Praia do Cabedelo, na Figueira da Foz, para mais umas quantas estreias no surf! Cinco estreias, para sermos mais precisos, tantas quantos os utentes que, entre drops, take offs, cutbacks e pumps, viveram uma experiência absolutamente inesquecível, com o apoio indispensável dos instrutores da Surfing Figueira.

Ler mais

Os treinos foram positivos e Sandra Semedo está pronta para representar Portugal na Taça Internacional de Tricicleta

Costuma dizer-se que não se deve regressar aos locais onde se foi feliz, mas a triciclista Sandra Semedo não se deixa atemorizar por superstições ou possíveis dificuldades e, após a ausência do ano passado, está de volta a Frederiksberg, na Dinamarca, para participar na maior competição internacional de tricicleta. Adotando em 2019 a designação de Taça Internacional, esta prova permitiu à atleta da APCC, em edições anteriores, conquistar cinco medalhas: três de ouro e duas de prata.

Sandra Semedo irá, assim, defender um currículo que faz dela um dos maiores nomes da modalidade a nível mundial e onde constam, além das medalhas alcançadas em solo dinamarquês, outras três de ouro e uma de prata referentes aos Jogos Mundiais da Paralisia Cerebral de 2018, um lugar de finalista no Campeonato da Europa de Para-Atletismo de 2018 e 26 títulos de campeã nacional. São ainda seus os recordes nacionais de todas as distâncias da categoria RR2 e três recordes da classe RR3.

Ler mais