Notícias

Mercado de Natal foi espelho da Formação da APCC: saberes partilhados, produtos fantásticos e relações fortes

Doce de amêndoa, nabada, bolachas húngaras, broinhas de batata doce, fatias douradas, tangerinas, tomates, decorações natalícias, carteiras, porta-chaves, almofadas, brinquedos… Apenas enumerámos uma muito pequena parte dos inúmeros produtos que podiam ser comprados no Mercado de Natal, mas certamente que, só por esta amostra, ninguém duvida da grande festa da quadra natalícia e da Formação Profissional da APCC que ontem se fez na Quinta da Conraria!

Para quem visitou o Mercado, difícil mesmo foi decidir por onde começar: pelos Sabores de Natal, o Artesanato Local ou a Feira dos Brinquedos? Certo é que muitos não deixaram de acorrer à Fábrica dos Embrulhos com os presentes que aproveitaram para comprar! E, claro, na Formação ao Vivo foi possível ver várias demonstrações relacionadas com as áreas lecionadas ao longo do ano.

Mas p...

Ler mais

Fotografias de ateliê do projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito” foram expostas no Conservatório de Coimbra

E no princípio eram as pinturas – mais de 300, cerca de uma centena das quais atualmente expostas no Porto. Mas o projeto “Cru – O Corpo (im)Perfeito” foi também, além do caminho que levou aos seus produtos artísticos, um ateliê (“O corpo, os outros e nós mesmos”) em que utentes do Departamento de Expressão Plástica da APCC partilharam o palco com o grupo Era Uma Vez… Teatro, da Associação do Porto de Paralisia Cerebral, e a sua diretora artística, Mónica Cunha.

O que aconteceu nesse dia de novembro deste ano – os exercícios em torno do(s) corpo(s) enquanto elemento gerador de novos sentidos, o questionar do conceito de arte, a reflexão sobre a importância de comunicar com o outro – foi cristalizado em fotografias, instantâneos que são o testemunho sobrevivente daquele encontro, tal como as memórias que o mesmo deixou nos participantes, ‘falando’ com a eloquência particular do que não precisa ser verbalizado para ser intuído, para ser sentido.

Ontem...

Ler mais

Convívio de Natal da Quinta da Conraria: um dia do ano para celebrar a partilha dos outros 364

A festa de Natal da Quinta da Conraria já nos habituou a ser um verdadeiro desfile de atuações inesquecíveis, mas arriscamos dizer que, este ano, se atingiram níveis estratosféricos de emoção e talento(s). Ontem, no Conservatório de Música de Coimbra, foi ‘Um Espetáculo de Natal!’, com poesia, música, dança e vídeo, mas sobretudo com muito orgulho por poder fechar o ano a mostrar às famílias – a de sangue, a do coração e a da APCC – alguns dons escondidos e confirmar outros já antes revelados.

Mas vamos à sucessão dos artistas… Primeiro, os da casa: a Liliana Ferreira, o António Gonçalves e a Elisabete Machado leram, como já é praticamente tradição, um poema do Fernando Carvalho; a Raquel Miranda e o Sérgio Felício cantaram “Voar Até Ti”; os 5ª Dança fizeram jus ao nome e dançaram Lena d’Água; da Formação Profissional, vieram uma interpretação de “Cola-te a Mim” e uma tocante leitura de “Tabacaria”, de Álvaro de Campos; e o Coro da Quinta encerrou a Festa com a canção “Os Contentores de Natal”.

Mas não foi só a ...

Ler mais

Elefantes e pandas, dançarinos (quase) profissionais, o Capuchinho e um lobo não tão mau, cantores bem afinados… houve de tudo na Festa de Natal do Centro de Reabilitação

Todos os anos por esta altura, há no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral da APCC uma Festa de Natal feita especialmente a pensar nas crianças: nas da Escola Básica, nas do Jardim de Infância e nas do semi-internato, mas também naquelas que ainda ‘vivem’ dentro dos seus familiares e dos professores, auxiliares, demais profissionais e voluntários da instituição. E foi esse mesmo momento mágico que ontem voltou a ser vivido e partilhado por todos!

A animação, já é tradição, fica por conta da ‘prata da casa’, dos mais pequenos aos mais crescidos. Assim, os meninos e meninas do Jardim de Infância levaram-nos primeiro numa expedição num sofá, com muitos viajantes vindos diretamente da selva. Depois, foi a vez de alguns dos colaboradores do Centro mostrarem que podiam estar a trabalhar na Broadway, com passos de dança que surpreenderam tanto quanto divertiram. Finalmente, as crianças da EB1 juntaram-se ao professor de música Paulo Jacob para interpretar um tema original que, mesmo ainda não tendo título, tinha muito ritmo e muitos sentimentos.

Ler mais

Natal na APCC ‘arrancou’ com a Festa da URDP 1

Em boa verdade, há muito que o Natal começou na APCC, com os diversos preparativos para as celebrações da quadra que têm vindo a ocupar utentes e colaboradores há várias semanas. Mas, se quisermos ser rigorosos, o ‘pontapé de saída’ foi dado ontem, com muita alegria e emoção, com a Festa de Natal da URDP 1, em que os familiares se juntaram aos festejos e participaram ativamente numa grande celebração feita de amor e união.

À entrada na sala, era fácil perceber o que ali trazia toda a gente: o espaço tinha ganho novas cores, com o vermelho, o branco e o verde, que (pre)enchem as nossas vidas na época do Natal, a dominarem a decoração. E muitos doces – e não só! – mais ou menos ‘natalícios’ (quem provou, por exemplo, os bolos de noz e de laranja feitos pelos próprios utentes na véspera diz que valiam bem a pena), que ajudaram a adoçar uma manhã muito especial.

Ler mais