Projeto internacional com a participação da APCC destacado por rede europeia na área da juventude

Em fevereiro do ano passado, três jovens utentes da APCC participaram na formação “Change Your Attitude”, que se realizou em Gánt, na Hungria, e tinha como principal objetivo promover a inclusão na sociedade de jovens com deficiência, com base numa experiência de voluntariado e de acordo com o Movimento de Vida Independente. Agora, este curso internacional foi destacado pela plataforma europeia SALTO-YOUTH como um projeto inspirador e exemplar.

Trata-se de um reconhecimento importante, uma vez que aquela rede de centros de recursos na área da juventude é a mais elevada instância europeia para este tipo de iniciativas. São, desta forma, salientados o trabalho realizado e a própria filosofia do projeto, que permitiu que todos os envolvidos (jovens com ou sem incapacidades) adquirissem conhecimento sobre vida independente, formulação concreta de objetivos, tolerância, assertividade, competências e instrumentos de comunicação, bem como gestão de stress, tempo e projetos.

Além de figurar nos destaques de boas práticas atualmente online no site da SALTO-YOUTH, o projeto “Change Your Attitude” estará também numa versão impressa, a editar em breve. Esta é uma distinção que vem juntar-se a outras que têm vindo a ser atribuídas ao trabalho desenvolvido pelo Gabinete de Voluntariado da APCC, como o Selo de Qualidade Join4Change (que reconhece as boas práticas na gestão de programas de voluntariado) ou o Prémio Boas Práticas Erasmus + em Portugal (na área do Voluntariado Europeu).

O curso de formação “Change Your Attitude” juntou 24 participantes de diversos países europeus, tendo sido organizado pela associação húngara EgyüttHató Egyesület. A participação da APCC foi dinamizada pela Associação Spin para o Intercâmbio, Formação e Cooperação entre os Povos.

Além dos resultados diretos desta iniciativa, a mesma deu ainda origem a outros três projetos em parceria com aquela organização magiar: “Breaking Stereotypes” (como o objetivo principal de criar uma comunidade continuamente empenhada no combate aos estereótipos), “Here We Are” (que ainda decorre e se propõe dar visibilidade às pessoas com deficiência, aos seus desejos e necessidades, dentro das comunidades em que se inserem) e “Imagination Has No Barriers” (a iniciar proximamente).

Todos estes projetos decorrem ou decorreram no âmbito do programa europeu Erasmus +, através do qual a APCC desenvolve ainda, entre outros, o projeto “Holding Hands With Other Abilities” (que trouxe já até à instituição mais de três dezenas de voluntários europeus), o Projeto LIFE (que incide sobre o trabalho com famílias em situações complexas e de múltiplas dificuldades) ou o “ICT in Music Education” (que une música e Tecnologias de Informação e Comunicação).