40 Anos

APCC mostra calçado a pensar nas pessoas com paralisia cerebral

Rita.Red.ShoesNo início do ano, as Faculdades de Engenharia e de Belas Artes da Universidade do Porto, com o apoio da APCC e outros parceiros, lançaram uma iniciativa para o desenvolvimento projetual de calçado para pessoas com paralisia cerebral.

São os resultados deste projeto que são mostrados na exposição ‘Rita.Red.Shoes cerebralpalsy.designproject’, entre os dias 3 de dezembro de 2015 e 30 de janeiro de 2016. Em exibição estão os modelos criados pelos alunos do Mestrado em Design Industrial e de Produto das referidas faculdades, ao longo do segundo semestre do ano letivo passado.

Ler mais

Autodeterminação e envolvimento de técnicos, pessoas com paralisia cerebral e famílias são essenciais, defendem especialistas

A importância do envolvimento dos técnicos com as pessoas com paralisia cerebral e as suas famílias na procura das melhores opções para a reabilitação e para a definição de projetos de vida, bem como a necessidade de reforçar a autodeterminação e a educação para a autodeterminação, foram as ideias mais escutadas durante a Conferência Internacional – Paralisia Cerebral, que ontem teve lugar em Coimbra.

Este evento, com que a APCC assinalou os seus 40 anos, juntou alguns dos maiores especialistas nacionais e internacionais da área, como Bernard Dan (multi-laureado neuropediatra), Margareth Mayston (premiada investigadora e terapeuta), Jan Wallander (nome de referência nas áreas da saúde e qualidade de vida de crianças e adolescentes), Inês Balacó (ortopedista) e Ivone Félix (vice-presidente da CERCIOEIRAS).

Ler mais

Refletir sobre a paralisia cerebral com alguns dos maiores peritos nacionais e internacionais

No dia 25 de novembro, a APCC levará a cabo a Conferência Internacional – Paralisia Cerebral, com que assinala os seus 40 anos, no Auditório do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Será uma oportunidade única para escutar os coautores de uma das obras de referência mundial sobre paralisia cerebral, Bernard Dan (multi-laureado neuropediatra e chefe de neurologia no Hôpital Universitaire des Enfants Reine Fabíola, além de romancista premiado) e Margareth Mayston (investigadora e terapeuta, professora no University College e considerada em 2010 a Mulher Australiana do Ano no Reino Unido), bem como o internacionalmente reconhecido investigador Jan Wallander (professor na University of California, com trabalho em áreas como a saúde e a qualidade de vida de crianças e adolescentes).

Ler mais

“Chá das Seis” voltou a ser máquina do tempo

Chá das SeisOntem voltou a haver “Chá das Seis” no Centro de Reabilitação, desta vez para escutar Luís Borges, neuropediatra e presidente da Assembleia Geral da APCC, e António Teixeira, primeiro (e atual!) técnico de contas da Associação. As histórias – e os documentos da história – da APCC foram muitas e o interesse em conhecê-las na voz de quem as viveu na primeira pessoa foi grande.

Como já vem sendo hábito nestes encontros organizados pelo Gabinete de Voluntariado, os presentes puderam ‘entrar’ numa espécie de máquina do tempo, programar as coordenadas para 1975 e depois cumprir uma jornada com muitas escalas até chegar aos dias de hoje: a jornada da própria APCC.

Ler mais

Voluntários da APCC tiveram manhã de formação

Formação para voluntáriosOntem foi dia de formação para voluntários na APCC. Foram cerca de três horas dedicadas àqueles que se dedicam aos outros, proporcionando-lhes algumas ferramentas e conhecimentos essenciais para as tarefas que desenvolvem ou desenvolverão.

Os temas abordados foram a história, evolução e dinâmica da APCC, maus tratos e negligência (ambos por Teresa Paiva, diretora técnica do Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral), paralisia cerebral e condições neurológicas afins (Olavo Gonçalves, diretor clínico da APCC), intervenção com pessoas com deficiência (Luís Almeida, terapeuta ocupacional) e o que é ser voluntário (Fernanda Maurício, coordenadora do Gabinete de Voluntariado).

Ler mais